Cree en grande.
CONMEBOL

10 de agosto em Kashima será disputada a 9ª edição da Copa Suruga Bank

10 de agosto em Kashima será disputada a 9ª edição da Copa Suruga Bank

No próximo 10 de agosto terá lugar a nona edição de uma copa que já ganhou muita relevância: a Suruga Cup.

O tradicional duelo entre o campeão da Copa J. League e o vencedor da Copa Sul-Americana encontrará nesta ocasião o Kashima Antlers e Santa Fé de Bogotá.

Trajetória pela história do certame

O primeiro campeão foi o Arsenal da Argentina que venceu por 1-0 a Gamba Osaka com gol de Carlos Casteglione em 30 de julho de 2008.

Um ano mais tarde (5 de agosto de 2009) Internacional de Porto Alegre foi o célebre campeão batendo Oita Trinita por 2-1, com gols de Alecsandro, Andrezinho e Keigo Higashi.

Em 4 de agosto de 2010, o troféu foi pela primeira vez para o elenco japonês. Foi o F. C. Tokyo ante o Liga Deportiva de Quito nos pênaltis após empatar a dois no tempo regulamentar (Sota Hirayama, Massashi Oguro - Hernán Barcos, Patricio Urrutia de pênalti).

Mais uma vez o sucesso foi para o time da casa em 3 de agosto de 2011, quando Jubilo Iwata ganhou do Independiente da Argentina. Nos 90 minutos, o placar tinha sido 2-2 (Tomoyuki Arata, Roberto Battión contra - Eduardo Tuzzio, Facundo Parra).

Como em um filme que se repete, em 1 de agosto de 2012, pelo terceiro ano consecutivo, a equipe japonesa levantou o troféu nos pênaltis depois de empatar em dois tantos. Foi Kashima Antlers versus Universidad de Chile. As conquistas: Diki Iwamasa, Renato, Daiki Iwamasa (contra) e Charles Aranguiz. A definição ampla ficou em 7-6.

Em 7 de agosto de 2013, em um grande jogo, Kashima Antlers repetiu a conquista da temporada anterior. Desta vez contra o São Paulo por 3-2 com o excelente trabalho de Yuya Osako, que marcou um hat-trick, enquanto que para o elenco brasileiro anotaram Paulo Ganso e Aloísio.

Pela quinta edição consecutiva o campeão foi o representante local em 6 de agosto de 2014. Kashiwa Reysol venceu Lanus 2-1, com gols de Kaoru Takayama, Leandro de pênalti e Tatsuya Masushima, gol contra para os 'granates'.

A racha foi cortada em 11 de agosto de 2015, quando River Plate trouxe a taça de volta para a América do Sul ao vencer claramente o Gamba Osaka por 3-0, com gols de Carlos Sanchez (pênalti), Gabriel Mercado e Gonzalo Martinez.

 

 

Eduardo Bolaños/conmebol.com

Edição: DD/conmebol.com