Cree en grande.
CONMEBOL

Mundial de Clubes: O entusiasmo do River desafia um Barcelona que suspira por Messi

Mundial de Clubes: O entusiasmo do River desafia um Barcelona que suspira por Messi

O entusiasmo de um River Plate renascido e seus 15.000 fãs enfrenta o Barcelona, grande dominador do futebol europeu durante a última década (quatros Champions) na final do Mundial de Clubes, em Yokohama, no domingo (10h30 GMT), com a possível baixa da estrela Lionel Messi.

Uma vez que o clube catalão anunciou quinta-feira que o argentino perdia a semifinal (3-0 para o Guangzhou Evergrande) devido a uma cólica renal, o Mundialito tem girado em torno de sua saúde.

As informações mais recentes do Barça é que Messi se hospedou no hotel, enquanto seus companheiros foram para o penúltimo treinamento nesta sexta-feira, no Estádio Mitsuzawa.

A imprensa espanhola informou que o argentino expulsou a pedra que lhe causou cólica renal. Se for verdade, agora sua disponibilidade dependeria da recuperação das fortes dores sofridas nos últimos dois dias.

- Neymar toca a bola -

O que tudo indica é que Neymar, recuperando-se da lesão, estará a disposição pois na quinta-feira já ocupou um lugar no banco, e nesta sexta-feira exercitou sozinho com um fisioterapeuta, bem como realizou exercícios com a bola.

Mas, com a ausência de dois dos três candidatos ao Bola de Ouro, o Barcelona superou o Guangzhou com um show de Luis Suarez, que firmou o primeiro hat-trick na história do Mundial de Clubes.

Agora os azulgrenás, que vivem a melhor década de sua história (Champions em 2006, 2009, 2011 e 2015), vão lutar por seu terceiro Mundialito, que os deixaria como o clube mais bem sucedido (desempatando com o Corinthians) nesta competição.

Seu adversário será um River Plate que leva desde 5 de agosto, quando ganhou sua terceira Libertadores, evocando este duelo.

"Os sul-americanos são fortes e resistentes. River é um dos maiores da América. Vai ser mais difícil e vai enfrentar da melhor maneira possível pelo título, que é o que queremos", disse Suarez sobre Los Millonarios.

 

- Mayada por Pisculichi? -

 

A expectativa tem sido tal que a viagem para o Japão mencionada nas canções daquela noite se desbocou e domingo calcula-se que haverá um número estimado de 15.000 torcedores do time argentino no Estádio International de Yokohama, em que é a maior mobilização de torcedores neste torneio.

Nos esportes, parece que o treinador Marcelo Gallardo dificilmente modificará a equipe que venceu por 1-0 na quarta-feira o Hiroshima com muitas dificuldades, pagando pelos quase 20 dias que o grupo levava sem competir.

Possivelmente introduza o uruguaio Camilo Mayada, um jogador de velocidade e potência, por Leonardo Pisculichi no meio-campo, na expectativa de uma partida em que o Barcelona levaria a iniciativa e River colocará pressão.

 

-- Equipes prováveis:

Barcelona: Bravo - Alves, Piqué, Mascherano, Alba - Busquets, Rakitic, Iniesta - Neymar, Suárez, Messi (ou Sandro). DT: Luis Enrique

River Plate: Barovero - Mercado, Balanta, Maidana, Vangioni - Kranevitter, Pisculichi (ou Mayada), Ponzio, Sánchez - Alario, Mora. DT: Marcelo Gallardo.

 

por Pablo MELIAN/AFP

Design: DD/conmebol.com

Edição: conmebol.com