Cree en grande.
CONMEBOL

Alejandro Domínguez: “É hora de projetar espetáculo e a melhor imagem do futebol sul-americano para o mundo”

Alejandro Domínguez: “É hora de projetar espetáculo e a melhor imagem do futebol sul-americano para o mundo”

​​​​​

  • Os presidentes do Club Atlético Boca Juniors, Club Atlético River Plate e Clube de Regatas do Flamengo se reuniram nesta segunda-feira na sede da CONMEBOL para supervisionar questões operacionais, institucionais e de segurança das semifinais, bem como a final única de 23 de novembro em Santiago do Chile.

  • Conforme aprovado pelo Conselho da CONMEBOL, o novo campeão continental receberá um prêmio de 12 milhões de dólares e o vice-campeão, de 6 milhões. Além disso, cada um dos finalistas receberá 25% da arrecadação neta da venda de ingressos da partida final.

  • A Final Única será realizada às 17h30, horário local, com o objetivo de gerar maior alcance do jogo nos cinco continentes e um público potencial de 1,5 bilhão de telespectadores através de sua transmissão em mais de 100 países.

 

Luque, Paraguai - 30 de setembro de 2019. A CONMEBOL reuniu nesta segunda-feira, em sua sede em Luque, os presidentes dos clubes semifinalistas da CONMEBOL Libertadores - Club Atlético Boca Juniors, Club Atlético River Plate, Clube de Regatas do Flamengo-, com o objetivo de supervisionar questões operacionais, institucionais e de segurança das semifinais, bem como a Final Única de 23 de novembro no Estádio Nacional de Santiago, Chile. (O presidente do Grêmio Foot-ball Porto Alegrense não pôde comparecer à reunião por motivo de voos e logística aérea).

"É hora de projetar o espetáculo e a melhor imagem do futebol sul-americano no mundo", disse o presidente da CONMEBOL, Alejandro Dominguez, que se referiu aos encontros como "os tão sonhados jogos que o público quer assistir".

Dominguez também destacou a profissionalização da gestão do futebol pela qual sua diretiva aposta, como alavanca da competitividade do futebol continental, lembrando que a CONMEBOL é hoje a confederação com maior percentual de renda destinada ao reinvestimento e impulso do futebol. Nesta linha, destacou o prêmio acordado pelo Conselho da CONMEBOL de 12 milhões de dólares para o novo campeão continental e 6 milhões para o vice-campeão. Além desse valor, os clubes finalistas receberão 25% da arrecadação neta da venda de ingressos da partida final.

A celebração da Final Única será às 17:30, horário local, com o objetivo de gerar um maior alcance do jogo nos cinco continentes e, assim, alcançar um público potencial de 1,5 bilhão de telespectadores através de sua transmissão em mais de 100 países.