Cree en grande.
CONMEBOL

Alejandro Domínguez: "Esta final despertou interesse no mundo inteiro"

Alejandro Domínguez: "Esta final despertou interesse no mundo inteiro"

A "finalíssima" entre Boca Juniors e River Plate pela CONMEBOL Libertadores é "um momento histórico" para o futebol argentino e sul-americano, disse nesta sexta-feira o presidente da CONMEBOL, Alejandro Domínguez, em coletiva de imprensa em Buenos Aires.

Na véspera do jogo de ida, no sábado, no estádio La Bombonera boquense, Domínguez ressaltou que "nunca houve uma final entre Boca e River e será uma oportunidade histórica, uma 'finalíssima'".

"Será a última final da Libertadores com partidas de ida e volta. Este jogo entre duas grandes equipes despertou interesse em todo o mundo", afirmou.

A conferência foi compartilhada com o presidente da Associação do Futebol Argentino (AFA), Claudio Tapia, e os titulares do Boca, Daniel Angelici, e do River, Rodolfo D'Onofrio.

A partir de 2019, o sistema será modificado. Haverá apenas um jogo final. Santiago do Chile foi designada para a primeira vez.

Por outro lado, Daniel Angelici disse que esta é "uma final esperada não só por todos os argentinos, mas de interesse internacional. Os torcedores do Boca estamos orgulhosos por terem chegado a esta final. Deve ser desfrutada em paz e com a família". Ele falou do enorme interesse despertado na mídia de todo o mundo para a cobertura da grande final.

Rodolfo D'Onofrio comentou que este é "um enorme esforço por parte de todos, jogadores, técnicos, torcedores ... É um jogo que na Argentina e em vários lugares da América do Sul se manifesta com muita paixão. Nos diferencia a enorme paixão que sentimos por este jogo".

O presidente da AFA, Claudio Tapia, agradeceu o compromisso de levar para o futebol sul-americano uma melhor gestão, referindo-se ao trabalho do senhor Alejandro Domínguez. Por sua vez, parabenizou os dois presidentes dos clubes mais populares do futebol argentino. "Eles fizeram um esforço muito importante, nos deram a oportunidade de levar o futebol sul-americano a um nível mundial".

 

 

 

 

 

CONMEBOL.com