Cree en grande.
CONMEBOL

Apesar da derrota, Internacional passa para a próxima fase

Apesar da derrota, Internacional passa para a próxima fase

Universidad Católica venceu Internacional de Porto Alegre nesta quinta-feira por 2-1 pela sexta e última jornada do grupo E, que permitiu os locais classificar para a CONMEBOL Sul-Americana e os brasileiros avançar para as oitavas da Libertadores apesar da derrota.

A conta foi aberta pelo eterno argentino Andrés D'Alessandro no ponto de pênalti no minuto 24, gol que foi respondido na seguinte jogada pelos 'cruzados' nas chuteiras de Fernando Zampedri após um disparo desde fora da área agraciado por um rebote caminho à rede.

Quase no apitaço final, o mesmo atacante argentino voltou a ver o gol com uma refinada bicicleta dentro da área pequena no minuto 89 para dar a vitória aos locais.

- Dados -

  • Universidad Católica ganhou seis dos seus últimos sete jogos da CONMEBOL Libertadores como local contra times do Brasil (derrota 2-3 x Athlético Paranaense em 2017).
  • Universidad Católica terminou na terceira posição; ficou eliminado na fase de grupos nas últimas quatro vezes que disputou nesta fase, e oito das últimas nove (avançou às oitavas de final em 2011).
  • Inter superou a fase de grupos nas últimas seis vezes que disputou essa fase; antes desta racha, ficou eliminado em três de suas sete participações na fase de grupos.
  • Universidad Católica derrotou o Inter por 2-1 com um gol no minuto 89; não foi só seu gol mais tardío nesta edição, senão que foi o primeiro anotado no segundo tempo.
  • Fernando Zampedri conseguiu seu primeiro gol duplo na CONMEBOL Libertadores, na sua 19º partida disputada; chegou a 10 gols nesta competição, em um total de 1.600 minutos de jogo.
  • Andrés D’Alessandro chegou a 90 jogos na CONMEBOL Libertadores, igualando o goleiro Rogério Ceni como o 6º jogador com mais encontros disputados nesta competição; curiosamente, ambos anotaram 14 gols na Copa.

 

 

AFP/OPTA