Cree en grande.
CONMEBOL

Atlético Paranaense é campeão da Sul-Americana!

Atlético Paranaense é campeão da Sul-Americana!

Em uma final épica, o Atlético Paranaense do Brasil foi proclamado campeão da CONMEBOL Sul-Americana 2018, pela primeira vez em sua história, depois de vencer o Junior por 4 a 3 nos pênaltis, após empatar 1-1 nas duas definições.

A Arena da Baixada, da cidade de Curitiba, vestiu sua melhor gala para coroar sua equipe campeã da CONMEBOL Sul-Americana 2018, o primeiro título internacional para os brasileiros.

O Paranaense tem em suas vitórias um título do Campeonato Brasileiro (2001) e como campeão brasileiro da Primeira Divisão (1995). Além de um vice-campeonato na Libertadores, quando o São Paulo, em 2005, foi proclamado como o melhor.

Mas o 'Furacão' desta vez explodiu aos 26', seu goleador Pablo Felipe, sacudiu as redes, com um tiro certeiro, abrindo o placar.

O gol anotado foi como uma anestesia para os brasileiros, que relaxaram excessivamente e sofreram bastante com o contra-ataque colombiano, mas que também não ajudou a reverter o placar.

O segundo tempo foi disputado com o mesmo ritmo. O 'Tiburón' assumiu o controle da bola.

Muito atrás do 'rubronegro', buscou saídas mas a velocidade do time 'cafetero' impôs domínio com Barrera e 'Teo'.

Precisamente, com o toque de cabeça do artilheiro Teófilo Gutiérrez chegou o empate, trás um córner no minuto 57'.

-Um carrossel de emoções-

Após o 1-1, o jogo pegou um ritmo de mudança, onde o 'Tiburón' buscava ansioso o tanto diferencial. Mas as mãos do goleiro Santos interromperam todo plano de comemoração para os colombianos.

A hesitação tomou conta dos jogadores da equipe brasileira, que ficaram surpresos com o esquema do experiente DT Julio Comesaña, que ordenou a sua equipe que não desistisse do ataque após o empate.

A igualdade permaneceu até os 94', pelo que foi necessário recorrer a um tempo extra, alimentado de dramatismo e mudanças de situações.

Inteligente e veloz, o Junior se dirigiu para o arco rival e, com base no ímpeto e na genialidade de Teófilo Gutiérrez, deparou-se com um pênalti, uma oportunidade imbatível para desequilibrar.

Barrera, o mais talentoso, no entanto, desperdiçou a chance de cobrar com sucesso o pênalti, dando ânimo para os torcedores do 'Furacão', que injetaram estímulo aos seus jogadores, mas o cansaço dos mesmos levou a série de pênaltis.

O lendário Thiago Heleno desencadeou a comemoração dos torcedores 'rubronegros', depois de marcar o pênalti final e decretar a vitória por 4-3 do Paranaense, em uma rodada onde Fuentes e Teófilo Gutiérrez falharam a meta para os colombianos.

Desta forma, o Paranaense encerra com chave de ouro a Sul-Americana de 2018. Com o troféu, o Paranaense também leva um passe para a próxima Libertadores e o direito de disputar a Recopa Sul-Americana-2019 contra o River Plate, o novo campeão da CONMEBOL Libertadores

 

 

 

 

 

 

CONMEBOL.com