Cree en grande.
CONMEBOL

Bolívar entrega a ponta do torneio boliviano para Wilstermann

×

Menssagem de erro

Notice: Undefined index: und em eval() (linha 1 de /data/www.conmebol.com/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_argument_default_php.inc(53) : eval()'d code).
Bolívar entrega a ponta do torneio boliviano para Wilstermann

Archivo

Bolívar empatou 1-1 neste domingo contra Destroyers modestos e permitiu Wilstermann, que goleou 5-1 seu rival Aurora, tomar o topo da chave na 12 Rodada do campeonato boliviano.

Um erro aos 58 minutos do goleiro bolivarista Romel Quiñónez, que perdeu a bola entre as pernas, definiu o curso do jogo, porque a Academia nunca foi capaz de reconstruir suas fileiras ante um Destroyers firme e favorecido por uma arbitragem falha.

Apesar do escorregão, Bolivar (24 pontos) e Wilstermann (26), selaram seus respectivos boletos no Grupo A para as Eliminatórias, que reunirá os quatro melhores de cada chave.

A equipe "aviador" conseguiu um triunfo convincente no clássico de Cochabamba (centro), que confirmou seu bom momento.

Em contraste, a derrota do Aurora, que com 11 pontos está praticamente fora das Eliminatórias do Grupo B, levou à demissão do técnico argentino Miguel Ángel Zahzú. Esta foi aceita pelo presidente do clube, Jaime Cornejo, que ao mesmo tempo anunciou o licenciamento da primeira equipe.

"Zahzú me colocou em consideração sua renúncia, e aceitei. Para outros os licenciei", declarou Cornejo, que também anunciou sua renúncia no final do mês.

Na chave B, The Strongest (19), virtualmente classificado para a próxima rodada, atrás do San José (22), reencontrou a vitória após quatro fases, nas mãos do técnico César Farías, ex-treinador boliviano.

A vitória revitaliza Tigre de Achumani, que na quarta-feira deve receber o argentino Atlético Tucumán pelo Grupo 3 da CONMEBOL Libertadores, no estádio Hernando Siles, em La Paz.

O Tigre da Bolívia ganhou em casa ante Peñarol (1-0) e perdeu por goleada em Assunção contra o Libertad (3-0).

 

 

AFP