Cree en grande.
CONMEBOL

Brasil lidera a chave B e Peru escolta em 2º lugar

Brasil lidera a chave B e Peru escolta em 2º lugar

Foto: Bruno Cannizzo

Definido o Grupo B. Um Brasil que jogou com uma mistura de titulares habituais e outros que alternaram na equipe inicial, goleou Peru por 5-0 e ratificou seu status como líder da chave B do CONMEBOL Sul-Americano Sub 15, disputado na Argentina. Apesar da grande quantidade de gols recebidos, o Peru ficou em segundo lugar e também foi para as semifinais.

Na sexta-feira se enfrentarão, em Mendoza, Brasil contra Paraguai e, em San Juan, o duelo será entre Argentina e Peru, por um lugar na final do campeonato.

- Devastador -  

O Brasil não entrou em especulações e isso estava à vista desde o início. Com um minuto de jogo a canarinha já mostrava vantagem. Diego Gabriel (1') abriu o placar, que recebeu uma chuva de gols gols da equipe brasileira contra um Peru que desempenhou, mas não mostrou eficácia. Peglow (9'), Gabriel Silva (19' e 47') e Pedro Arthur (24') completaram a tarefa de colocar o Brasil como candidato sólido para o título.

Brasil foi contundente 5-0 ante Peru e escalou com o Grupo B do CONMEBOL #Sul-AmericanoSub15 em Mendoza. pic.twitter.com/6ZBEWeXY2P

— CONMEBOL.com (@CONMEBOL) 15 de novembro de 2017

- Difícil, mas ganhou - 

O Equador disse adeus com uma vitória do campeonato, e apesar de estar pendente de se classifcar até o último minuto do Brasil-Peru, ficou na vontade com um saldo menor de gols registrados, mas foi com a cabeça alta. Foi uma vitória por 3-1 ante a Croácia, que mostrou explosões de bom futebol na sua inédita participação em um campeonato continental americano.

Jordán Morán (45') e Georginton Romero (67' y 77') anotaram os gols equatorianos, enquanto que o tanto croata foi obra de Bartol Barisic.

Equador vence por 3-1a Croácia na rodada do Grupo B do CONMEBOL #Sul-AmericanoSub15 em Mendoza. pic.twitter.com/oxj2JrkacZ

— CONMEBOL.com (@CONMEBOL) 14 de novembro de 2017

- Triunfo comemorado -

Às vezes, salvar a honra é prioridade. E a Bolívia defendeu a sua porque queria sair com um triunfo e mostrar que ele também tem qualidade. Venceu uma Venezuela que, apesar de ter chances remotas de classificação, lutou e, junto com a Bolívia, já eliminada, disputaram um jogo eletrizante ao anoitecer de Mendoza.

Robson Araujo (25') e Matías Romero (34') foram à frente dos bolivianos, enquanto Daniel Pérez (50') e Darlius Paz (68') estabeleçaram o empate. Mas foi o recém ingressado José Briceño que aos 80' trouxe o triunfo à Bolívia, que se despediu vitoriosa e sabendo que com trabalho e sacrifício está para coisas importantes.  

Vitória da Bolívia 3-2 ante Venezuela no primeiro duelo da rodada final do Grupo B do CONMEBOL #Sul-AmericanoSub15 em Mendoza. pic.twitter.com/GZslHzx8Qh

— CONMEBOL.com (@CONMEBOL) 14 de novembro de 2017

 

 

 

 

CONMEBOL.com

Fotos: Bruno Cannizzo