Cree en grande.
CONMEBOL

Busca-se novo campeão: Brasil e Peru na briga pela coroa

Busca-se novo campeão: Brasil e Peru na briga pela coroa

Neste domingo, o Maracanã terá a atenção mundial... O dono da casa e um convidado ascendente se enfrentarão. O Brasil, sempre candidato, e o Peru, surpresa agradável, vão jogar uma final inédita da CONMEBOL Copa América.

O Brasil, o dono da casa, busca a sua nona coroa como monarca da América, com um passo imaculado, sem derrotas, sem gols sofridos em cinco jogos, e com o orgulho inflado por ter derrotado a sua arquirrival Argentina, nas semifinais.

O Peru, duas vezes vencedor do torneio continental no distante ano de 1939 e 1975, teve que sofrer uma goleada diante dos pentacampeões mundiais na fase de grupos para reagir e renascer.

A partida, que terá início às 17h00 locais (20h00 GTM) e será dirigida pelo árbitro chileno Roberto Tobar, marcará o encerramento de uma magnífica Copa América.

– Ante sua torcida –

O Brasil pode se tornar campeão em seu templo do futebol: retornou às origens do "jogo bonito" com pequenos toques que foram suficientes para marcar o seu caminho na primeira fase e depois nos jogos de eliminação direta.

O culpado por isso é Tite, o treinador disciplinado, que em um piscar de olhos redesenhou o plano de jogo da equipe e se concentrou em montar uma estrutura sólida, solidária e bem administrada.

"Vou me tornar verdadeiramente técnico da seleção brasileira. A 'boleirada' sempre fala que só se torna jogador se jogou no Maracanã. É a mesma coisa com treinador. Eu vou trabalhar pela primeira vez como técnico da seleção no Maracanã", afirmou.

Tite recuperou o lateral Filipe Luís para o jogo contra o Peru depois de estar ausente no 2-0 contra a Argentina na última terça-feira, em Belo Horizonte, por problemas musculares. Além disso, o goleiro Alisson superou um trauma na parte inferior das costas e será o '1' no domingo.

Quem não será levado em conta é o volante Willian, afetado por uma lesão muscular no bíceps femoral direito durante o jogo contra a Albiceleste.

"Vai ser uma grande final, um jogo muito difícil, não podemos pensar que já vencemos, temos que jogar. Uma final não é jogada, uma final é vencida, não importa como seja", disse o meia Casemiro.
 

– Peru se levanta –

A campanha do Peru antes de enfrentar o Brasil no encerramento da fase de grupos foi de menos a mais.

Empate 0-0 com a Venezuela e vitória 3-1 contra a Bolívia. Mas chegou o jogo com a Seleção e foi um duro golpe.

O 'Tigre' foi o arquiteto do retorno dos incas a uma Copa do Mundo, a da Rússia-2018, 36 anos após sua última participação na Espanha-1982.

E foi também para levantar uma equipe emocionalmente afetada, que havia conseguido passar para as quartas de final como um dos melhores terceiros.

"Não será fácil para nenhuma das duas seleções. Chegamos bem, estamos preparados para vencer. O Peru está em condições de cobiçar um título", disse o técnico argentino no sábado em uma entrevista coletiva, no Maracanã.

"Se eu tiver que escolher um momento para enfrentar o Brasil, é este, porque viemos de jogar contra duas seleções que nos fortaleceram", disse Gareca.

- Possíveis formações -

Brasil: Alisson – Dani Alves, Marquinhos, Thiago Silva, Alex Sandro – Arthur, Casemiro, Philippe Coutinho – Gabriel Jesus, Roberto Firmino, Everton. DT: Tite.

Peru: Pedro Gallese – Luis Advíncula, Carlos Zambrano, Luis Abram, Miguel Trauco – Renato Tapia, Yoshimar Yotún – André Carrillo, Christian Cueva, Edison Flores – Paolo Guerrero. DT: Ricardo Gareca.