Cree en grande.
CONMEBOL

Caracas FC e Independiente del Valle empatam no jogo de ida

Caracas FC e Independiente del Valle empatam no jogo de ida

A equipe equatoriana Independiente del Valle, empatou em 0-0 nesta quarta-feira, em sua visita à Venezuela, enfrentando Caracas FC, no jogo de ida das Oitavas de Final da CONMEBOL Sul-Americana-2019.

O time treinado pelo espanhol Miguel Ángel Ramírez, estava com muita vontade de fazer gol no Estádio Olímpico da Universidad Central da Venezuela, em Caracas. Entretanto, conseguiu um resultado valioso para o jogo de volta do próximo 17 de julho, em Quito (a 2.650 metros de altitude). 

O goleiro anfitrião, Alain Baroja, foi peça-chave para manter sua área invicta.

Aos 33' do segundo tempo, o atacante panamenho Gabriel Torres, gritou gol depois de uma jogada pelo lado direito, mas o lance foi anulado porque o jogador estava em posição irregular. Quase no final, aos 90+2’, um tiro livre de Luis Fernando León, bateu na trave, entre as ações mais importantes do jogo.

Dados

  • Caracas continua invicto como local ante equipes do Equador em competições da CONMEBOL (4V 2E), mantendo sua pequena área invicta em cinco dos seis jogos disputados.
  • Independiente del Valle se mantém invicto ante equipes da Venezuela em competições da CONMEBOL (2V 3E), ainda que não tenha ganhado por primeira vez no referido pais; havia vencido o Deportivo Anzoátegui por 2-0 em 2013, e Trujillanos por 1-0 em 2014, todos por competições da Sul-Americana.
  • Independiente del Valle teve 69,6% de posse de bola contra Caracas; a terceira maior porcentagem para uma equipe visitante em um jogo da CONMEBOL Sul-Americana 2019 (78 PJ).
  • Foram cometidas somente cinco faltas no primeiro tempo (2 Caracas, 3 Independiente del Valle); é a segunda menor quantidade em uma primeira etapa desde que começou a análise de Opta, em 2013 (4 em Universidad Católica do Equador x Club Petrolero, em 2017).
  • Alain Baroja sofreu só um gol em seus quatro jogos como local com Caracas, em competições da CONMEBOL durante 2019; pegou 17 dos 18 arremates que foram lançados contra seu arco nesses jogos (2 partidas em Libertadores, 2 em Sul-Americana).