Cree en grande.
CONMEBOL

Colômbia inaugura Copa América Centenário derrotando EUA 2-0

Colômbia inaugura Copa América Centenário derrotando EUA 2-0

A Seleção Colombiana, liderada por James Rodríguez, começou com o pé direito o torneio centenário, com um sólido triunfo 2-0 ante o anfitrião Estados Unidos nesta sexta-feira em Califórnia (oeste).

O zagueiro Cristian Zapata marcou o primeiro gol do torneio aos 8 minutos ao rematar um tiro de esquina e, a estrela do Real Madrid aumentou o placar com um pênalti cobrado aos 42' no encontro disputado no Levi's Stadium de Santa Clara.

O triunfo deixa a Colômbia muito bem posicionada no grupo A que integram também Costa Rica e Paraguai e é considerado o "grupo da morte" nesta edição especial do torneio que reúne 16 seleções da Conmebol e da Concacaf.

A vitória da equipe do técnico argentino José Pekerman, em plena renovação, foi justa já que impôs a diferença de técnica de suas estrelas e mostrou-se sólida na defesa ante uma seleção estadunidense com poucas ideias.

Uma onda amarela de milhares de simpatizantes colombianos deu cor à abertura do torneio no belo estádio que apresentou um total de 67.439 espectadores, segundo os organizadores.

Copa América Centenário - Grupo A - Primeira data

Estados Unidos - Colômbia 0 - 2 (0-2)

Estádio: Levi's Stadium (Santa Clara, California, oeste)

Público: 67.439 espectadores

Clima: caloroso (33 graus). Terreno: excelente

Árbitro: Roberto García. Linhas: José Luis Camargo e Alberto Morin (trio mexicano)

Gols:

Colômbia: Cristian Zapata (8), James Rodríguez (42, de pênalti)

Admoestados:

Estados Unidos: Alejandro Bedoya (57)

Equipes:

Estados Unidos: Brad Guzan - DeAndré Yedlin, Geoff Cameron, John Brooks, Fabian Johnson - Michael Bradley, Jermaine Jones (Darlington Nagbe, 66), Alejandro Bedoya (Graham Zusi, 85) - Bobby Wood (Christian Pulisic, 66), Clint Dempsey e Gyasi Zardes. DT: Jürgen Klinsmann.

Colômbia: David Ospina - Santiago Arias, Cristian Zapata, Jeison Murillo, Farid Díaz - Juan Cuadrado, Sebastian Pérez (Carlos Sánchez, 85), Daniel Torres, James Rodríguez (Guillermo Celis, 73), Edwin Cardona - Carlos Bacca (Dayro Moreno, 88). DT: José Pekerman.