Cree en grande.
CONMEBOL

Conclui VI Seminário da Comissão Médica e Unidade Antidopagem

×

Menssagem de erro

Notice: Undefined index: und em eval() (linha 1 de /data/www.conmebol.com/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_argument_default_php.inc(66) : eval()'d code).
Conclui VI Seminário da Comissão Médica e Unidade Antidopagem

Neste sábado, 30 de novembro, concluiu o VI Seminário Anual da Unidade Antidopagem e da Comissão Médica da CONMEBOL, realizado em Luque, Paraguai, com a participação das autoridades médicas da FIFA, UEFA e WADA.

Durante o Seminário, foi realizado o lançamento da revista médica anual Edição Especial da CONMEBOL Copa América 2019, ademais foi feito um Relatório Geral sobre a Comissão Médica e a Unidade Antidopagem do ano de 2019, onde o eixo foram as implementações da Comissão Médica e os controles realizados, sejam estes de urina ou sangue, em todas as competições da CONMEBOL.

Por outro lado, todos os convidados especiais compartilharam suas experiências. Por exemplo, María José Pesce falou sobre as cooperações entre as organizações internacionais antidopagem; Alexis Weber apresentou a estratégia de controles inteligentes usados na FIFA e o plano para as Eliminatórias da Copa do Mundo - Qatar 2022; Marc Vouillamoz, convidado da UEFA, conversou sobre o tratamento de protocolos médicos.

Ao longo do dia, os Oficiais Médicos realizaram uma oficina de atualização sobre as obrigações para os campeonatos do ano 2020, a prática do uso de software de informatização dos controles antidoping, o estudo dos diferentes casos apresentados nos controles realizados em diferentes países e as experiências em cada uma das modalidades de futebol.

Em outro momento, foi apresentado o programa educativo e preventivo 2020 da Comissão Médica e da Unidade Antidopagem.

Os profissionais médicos culminaram a jornada com uma avaliação dos processos realizados durante os controles, além de projetar o trabalho para continuar cuidando da saúde dos atletas e promover o jogo limpo no futebol sul-americano através de regras claras.

 

 

CONMEBOL.com