Cree en grande.
CONMEBOL

CONMEBOL abre suas portas para Treinadores em uma Cúpula

CONMEBOL abre suas portas para Treinadores em uma Cúpula

“É muito importante nos poder nutrir com protagonistas do melhor futebol do mundo, vocês”, foram as palavras com as quais o presidente da CONMEBOL, Alejandro Domínguez, abriu a Cúpula de Treinadores da CONMEBOL Libertadores na cidade de Luque, Paraguai, nesta terça 19 de março. Do encontro participam 23 Diretores Técnicos de clubes participantes.

“A CONMEBOL não era algo que eu me via presidir até que, um bom dia, me tocou chegar com o sonho de transformar o futebol sul-americano”, continuou. “Como explicar que, apesar de tudo, o que temos naturalmente na América do Sul, nossos resultados não são bons… é algo que temos que começar a pensar e trabalhar, e o que mais apropriado que sejam vocês quem estão aqui para iniciar esse caminho”, disse.

"As mudança que temos realizado na nova CONMEBOL estão enfocados no futuro do futebol Sul-Americano. Esta transformação devemos fazer juntos, com vocês", sustentou diante da presença dos ilustres treinadores.

“CONMEBOL é hoje em dia uma organização que pensa no futebol e temos duas frases ‘CONMEBOL Futebol desde 1916’ e ‘CONMEBOL Acredite Sempre’ porque não há adversidade que o futebol sul-americano não tenha sabido superar”, expressou.

Em outro momento, o presidente falou sobre o investimento no futebol, por parte da CONMEBOL. “87% de tudo o que entra na CONMEBOL vai diretamente para o futebol e 13% restante vai indiretamente em pagamentos a árbitros e administrativos. Nenhuma outra Confederação no mundo está investindo tanto nos atletas e suas competições”, mencionou.

O presidente Alejandro encerrou deixando um grande desafio para todos “Queremos fazer que as competiçõs da CONMEBOL sejam um produto mundial (...) Hoje queremos escutá-los para crescer juntos”, remarcou.

Por sua parte José Astigarraga, Secretário-Geral da CONMEBOL, falou sobre os pilares da instituição que são três: Reinvestir no Futebol, Regras Claras e Instituição Líder. Ademais, anunciou o informe financeiro e as transformações obtidas nas 22 competições e torneios rganizados pela Confederação Sul-Americana de Futebol.

- Debate continental -

Adentrando-se na Cúpula em si, os treinadores abriram um espaço de discussão e debate, onde foram moderadores Faryd Mondragón, Francisco Maturana e Nery Pumpido, estrelas do continente sul-americano. Foram expostos seus pontos de vista sobre planejamentos e formações dentro dos jogos, bem como foram analisados os pontos da edição passada da CONMEBOL Libertadores, onde o Clube Atlético River Plate obteve a coroa continental.

Este evento, que é organizado pela primeira vez na história da CONMEBOL, está sendo realizado pela Direção de Desenvolvimento da CONMEBOL e tem como objetivo principal escutar os protagonistas do futebol sul-americano, conhecer a visão dos mesmos e discutir sobre o futebol atual e, por outra parte, fazer chegar, desde a CONMEBOL, informação sobre os regulamentos, valores comerciais, o VAR e controles de dopagem.

Os participantes são:

  1. Marcelo Gallardo (River Plate, Argentina)
  2. Mauricio Correa (Internacional, Brasil)
  3. Miguel A. Russo (Alianza Lima, Peru)
  4. Mano Menezes (Cruzeiro, Brasil)
  5. Mariano Soso (Emelec, Equador)
  6. Antonio Mohamed (Huracán, Argentina)
  7. Leonardo González (Deportivo Lara, Venezuela)
  8. Daniel Garnero (Olimpia, Paraguai)
  9. Claudio Vivas (Sporting Cristal, Peru)
  10. Lucas Bernardi (Godoy Cruz, Argentina)
  11. Francisco Bozan (Universidad de Concepción, Chile)
  12. Pablo Repeto (LDU, Ecuador),
  13. Fernando Jubero (Cerro Porteño, Paraguai)
  14. Jorge Almirón (San Lorenzo, Argentina)
  15. Jorge Pautasso (Melgar, Peru)
  16. Gustavo Alfaro (Boca Juniors, Argentina)
  17. Tiago Nunes (Athletico Paranaense, Brasil)
  18. Alexandre Pereira (Grêmio, Brasil)
  19. José Chamot (Libertad, Paraguai)
  20. Luis Diego López (Peñarol, Uruguai)
  21. Alberto Gamero (Deportes Tolima, Colômbia)
  22. William Ramallo Fernández (San José Oruro, Bolívia)
  23. Miguel Ángel Portugal (Jorge Wilstermann)

 

 

 

CONMEBOL.com

 
00:00