Cree en grande.
CONMEBOL

CONMEBOL Copa América 2021 avança em passos firmes

CONMEBOL Copa América 2021 avança em passos firmes

Nesta quinta-feira foi realizada uma reunião virtual com relação à Copa América Argentina-Colômbia 2021 da qual participou o presidente da CONMEBOL, Alejandro Domínguez, junto com o Ministro do Esporte da Colômbia, Ernesto Lucena, o presidente da Federação Colombiana de Futebol, Ramón Jesurun, o diretor de Competições de Seleções, Hugo Figueredo, a Diretora de Relações Interinstitucionais, Leila Rachid e as equipes da Federação Colombiana de Futebol, Ministério do Esporte e outras entidades colombianas que estão trabalhando na organização do campeonato.

“Colômbia é uma terra histórica, conhecemos a história do seu futebol e sua tradição. Nosso objetivo é fortalecer a qualidade das nossas competições, temos pouco tempo e precisamos do compromisso de todos. Temos o grande desafio que é a primeira vez que vamos fazer em dois países. Estamos colocando a vara muito alta e isso é realmente motivador”, expressou o presidente Domínguez.

Retomar a comunicação entre o Ministério do Esporte, cidades-sede, FCF e CONMEBOL para a realização da CONMEBOL Copa América 2021, apresentar os avanços durante a pandemia, quanto a requerimentos e necessidades governamentais, técnicas e de infraestrutura, bem como definir os próximos passos a seguir foram os objetivos da reunião.

Na sessão, o ministro Lucena ratificou o compromisso do Governo Nacional para a realização do evento esportivo no próximo ano e reiterou o apoio do presidente da República, Iván Duque, para a realização do mesmo.

Por sua parte, o presidente da Federação Colombiana de Futebol, Ramón Jesurun, expressou sua gratidão às cidades e manifestou que sua entidade sente alegria ao ver o compromisso das cidades com o planejamento do torneio.

Posteriormente, os diretores e secretários das entidades esportivas das quatro sedes expuseram os avanços que foram realizados em cada uma das cidades durante os meses de pandemia. E a CONMEBOL fez um resumo dos requerimentos que devem cumprir para poder realizar o campeonato continental. Foram expostos os pontos que devem ser cumpridos quanto a temas legais, contratuais, autorizações, migração, leis, saúde, segurança, infraestrutura, conectividade, entre outros.

Por último, foi estabelecido um calendário de reuniões com os ministérios da saúde, interior, esporte, chancelaria, governadores, prefeitos, secretários e diretores de esporte, para continuar revendo os avanços realizados em cada sede, e estar pendente das necessidades de cada cidade e estádio.

 

 

 

Com informação da FCF