Cree en grande.
CONMEBOL

CONMEBOL destina 217,5 milhões de dólares em prêmios para as competições de clubes 2020

CONMEBOL destina 217,5 milhões de dólares em prêmios para as competições de clubes 2020
  • A cifra, que supõe um novo recorde na história da Confederação, foi anunciada pelo presidente Alejandro Domínguez no sorteio inicial da CONMEBOL Libertadores e Sul-Americana 2020 celebrado nesta terça-feira dia 17 de dezembro em Luque, Paraguai.
  • A CONMEBOL Libertadores 2020 repartirá um total de 168,3 milhões de dólares entre os clubes que procurem a ‘Glória Eterna’, enquanto que a CONMEBOL Sul-Americana 2020 oferecerá um total de 47,2 milhões de dólares entre os clubes participantes nesta competição continental e a CONMEBOL Recopa 2 milhões de dólares.

Luque, Paraguai - 17 de dezembro de 2019. CONMEBOL destinará 217,5 milhões de dólares às competições de clubes para 2020, tal e como o presidente da Confederação, Alejandro Domínguez, anunciou no sorteio inicial da CONMEBOL Libertadores e Sul-Americana celebrado nesta terça-feira dia 17 de dezembro no Centro de Convenções CONMEBOL.

Desta maneira, a Confederação estabelece um aumento de prêmios distribuindo 168,3 milhões entre os clubes participantes na CONMEBOL Libertadores 2020.

Além disso o novo campeão da CONMEBOL Libertadores obterá 15 milhões de dólares, mais o 25% da arrecadação neta da Final Única que será realizada no estádio Maracanã do Rio de Janeiro no próximo dia 21 de novembro, alcançando assim desde fase de grupos 22,5 milhões de dólares. O vice-campeão pela sua participação na Final conseguirá um total de 6 milhões de dólares.

Igualmente, na fase das quartas de final da Libertadores o prêmio passará de 1,2 milhões de dólares a 1,5 milhões de dólares por equipe classificada; e os clubes semifinalistas obterão 2 milhões de dólares cada um, ante os 1,75 milhões de dólares que eram outorgados em 2019.

“Para a atual diretiva da CONMEBOL o reinvestimento no futebol através do aumento de prêmios nas competições continentais é uma das linhas da atuação fundamental para impulsionar a competitividade do nosso futebol” diz Domínguez.

CONMEBOL consolida assim seus três campeonatos continentais de clubes como referências do futebol internacional.