Cree en grande.
CONMEBOL

CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE: Emocionante empate entre Tucumán e Palmeiras

CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE: Emocionante empate entre Tucumán e Palmeiras

O argentino Atlético Tucumán e o brasileiro Palmeiras igualaram 1-1 (parcial 1-1) num jogo pela primeira data do Grupo 5 da CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE 2017, disputado nesta quarta à noite, com um público de cerca de 35.000 espectadores no Monumental José Fierro.

Fernando Zampedri (24) abriu o placar para o 'Decano' tucumano, e Keno (40) anotou o empate para o 'Verdão' paulista, que jogou quase todo o encontro com dez jogadores pela precoce expulsão de Vitor Hugo aos 20 minutos de jogo.

Em uma partida intensa desde o começo, Atlético Tucumán não se intimidou frente aos melhores pergaminhos de seu adversário e buscou a vitória, em que o Palmeiras também propôs o seu jogo e esteve perto de anotar numa grande corrida de Keno, que cedeu para Borja, que de frente ao arco rematou fraco e permitiu a grande salvada de Lucchetti.

Na metade do primeiro tempo, Vitor Hugo cometeu duas faltas para matar contra-ataque em menos de cinco minutos - a segunda duvidosa -, recebeu dois cartões amarelos e acabou expulso. O Verdão nem pôde se recuperar do baque e, aos 24 minutos, acabou sofrendo o gol de Zampedri, que fez seu quarto tento em cinco jogos na Libertadores.

Com um a menos, Eduardo Baptista saiu do 4-2-3-1 inicial e montou o Palmeiras no 4-4-1, com Thiago Santos e Felipe Melo pelo meio, Keno e Dudu avançando pelas laterais e Miguel Borja isolado na frente.

E foi justamente em uma jogada treinada exaustivamente pelo treinador que o Alviverde empatou com Keno. Dudu cobrou falta frontal na área, Thiago Santos cabeceou para o meio e o camisa 27 estufou as redes.

No segundo tempo, o Palmeiras se defendeu muito bem com duas linhas de quatro e não passou sustos. O Verdão apostou no contra-ataque, mas não teve tantas chances. Na melhor oportunidade do jogo, Miguel Borja perdeu sua terceira chance ao chutar para fora, sozinho dentro da área, após ótima jogada de Dudu.

Na próxima jornada, Palmeiras será local frente o boliviano Wilstermann na próxima 4ª feira, enquanto Atlético Tucumán irá a Montevidéu para visitar o uruguaio Peñarol na quinta-feira (16).

Ficha técnica:

Copa Libertadores da América – Grupo 5 – Primeira jornada

Atlético Tucumán – Palmeiras 1 – 1 (1-1)

Estádio: Monumental José Fierro (San Miguel de Tucumán, Tucumán, centro).

Espectadores: 35.000

Clima: Caloroso (27 graus)

Árbitro: Mario Díaz de Vivar. Bandeiras: Eduardo Cardozo e Milciades Saldívar (trio do Paraguai).

Gols:

Atlético Tucumán: Zampedri (24)

Palmeiras: Keno (40)

Admoestados:

Atlético Tucumán: Bianchi (39), Di Plácido (45)

Palmeiras: Thiago Santos (40), Fernando Prass (79)

Expulso:

Palmeiras: Vitor Hugo (20)

Equipes:

Atlético Tucumán: Cristian Lucchetti; Leonel Di Plácido, Bruno Bianchi, Ignacio Canuto e Fernando Evangelista; Rodrigo Aliendro (Luis Rodríguez, 81), Guillermo Acosta (José Méndez, 74), Nery Leyes e Leandro González (Javier Mendoza, 65); Cristian Menéndez e Fernando Zampedri. DT: Pablo Lavallén.

Palmeiras: Fernando Prass; Jean, Edu Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Felipe Melo e Thiago Santos; Michel Bastos (Antonio Carlos, 23), Dudu, e Keno (Roger Guedes, 63); William Borja (Willian, 86). DT: Eduardo Baptista.

 
00:00