Cree en grande.
CONMEBOL

CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE: Junior atropela Carabobo 3 a 0 e se classifica

×

Menssagem de erro

Notice: Undefined index: und em eval() (linha 1 de /data/www.conmebol.com/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_argument_default_php.inc(66) : eval()'d code).
CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE: Junior atropela Carabobo 3 a 0 e se classifica

O colombiano Junior venceu por 3-0 o Carabobo da Venezuela e se classificou à 3ª fase da Copa Libertadores-2017 em jogo disputado no estádio Jaime Morón da cidade de Cartagena.

Os gols do "tiburón", que foi muito superior na chave, foram anotados por Roberto Ovelar (16), Jonathan Estrada (40) e Michael Rangel (79).

O time da cidade de Barranquilla, que não pôde jogar em sua sede do estádio Metropolitano porque a campo está em remodelação, havia vencido há uma semana 1-0 em sua visita a Carabobo.

Junior se enfrentará na seguinte rodada o vencedor da série entre o argentino Atlético Tucumán e El Nacional do Equador, que empataram 2-2 no jogo disputado há uma semana no estádio José Fierro (Tucumán).

Ficha técnica:

Copa Libertadores da América - Segunda fase - Volta

Junior - Carabobo: 3 - 0 (2-0)

Estádio: Jaime Morón (Cartagena)

Terreno: bom

Clima: Cálido

Árbitro: Enrique Cáceres. Líneas: Eduardo Cardozo e Rodney Aquino (Trio paraguaio)

Gols:

Junior: Roberto Ovelar (16), Jonathan Estrada (40), Michael Rangel (79)

Admoestações:

Junior: James Sánchez (24), Roberto Ovelar (50)

Carabobo: Juan Colina (30), Hugo Soto (48), Carlos Rivero (72), Leo Morales (73)

Escalações:

Junior: Sebastián Viera - Lewis Ochoa (Andrés Correa, 74), Deivy Balanta, Alexis Pérez, Héctor Quiñones - Leonardo Pico, James Sánchez, Johnatan Estrada, Sebastián Hernández (Edison Toloza, 60), Robinson Aponzá - Roberto Ovelar (Michael Rangel, 69). DT: Alberto Gamero.

Carabobo: Leo Morales - Carlos Rivero, Hugo Soto, José Manríquez, Luis Mago (Richard Badillo, 82) - Carlos Suárez (Maurice Cova, 46), José Colina, Marlon Fernández (Aquilino Villalba, 65), Edward Bello - Christian Novoa e Aquiles Ocanto. DT.: Julio César Baldivieso