Cree en grande.
CONMEBOL

CONMEBOL rechaça qualquer ato de terrorismo, violência ou discriminação durante o desempenho do futebol sul-americano

×

Menssagem de erro

Notice: Undefined index: und em eval() (linha 1 de /data/www.conmebol.com/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_argument_default_php.inc(53) : eval()'d code).
Imprimir
CONMEBOL rechaça qualquer ato de terrorismo, violência ou discriminação durante o desempenho do futebol sul-americano

No sábado passado, 15 de abril, na cidade de Córdoba, Argentina, durante o clássico entre Belgrano e Talleres o futebol ficou de luto.

O ato de violência, no qual custou a vida do simpatizante Emanuel Balbo, entristece o futebol argentino, bem como todo o futebol sul-americano e mundial.

A CONMEBOL ratifica seu repúdio absoluto a qualquer ato de terrorismo, violência ou discriminação durante o desempenho do futebol na região e exorta a todas as Associações e clubes da América do Sul a rechaçar qualquer ato contra a paz e o esporte. 

Devemos assegurar  que os nossos estádios sejam um ambiente de usufruto em família, livre de todo tipo de violência e discriminação, sendo promotores da diversidade e inclusão.

Reconhecemos e esperamos que continuem os esforços genuínos dos jogadores e simpatizantes do Belgrano e Talleres, e os demais clubes da região se unam através da campanha #NoSomosEnemigos.

Sem lugar a dúvidas, a paixão pelo futebol é um elemento que nos deve unir em um ambiente de paz, inclusão e alegria.

Em nome de toda a família CONMEBOL, fazemos chegar nossas palavras de condolência aos familiares e amigos de Emanuel Balbo, no dia de hoje, em homenagem a Balbo e a todos aqueles que foram vítimas de violência e discriminação, pedimos um minuto de silêncio em todos os jogos da CONMEBOL, convidando a todas as Associações membro que se unam a este movimento pela PAZ.

 

CONMEBOL.com