Cree en grande.
CONMEBOL

Atlético-MG bate Olímpia nos pênaltis e é campeão da Libertadores pela primeira vez

Atlético-MG bate Olímpia nos pênaltis e é campeão da Libertadores pela primeira vez

O time brasileiro Atlético Mineiro conquistou nesta quarta-feira seu primeiro título da Copa Libertadores trás derrotar 4-3 em definição de pênaltis o Olímpia do Paraguai em Belo Horizonte.

Jo aos 46 minutos e Leonardo Silva aos 86 anotaram os gols do Galo e forçaram um tempo extra. Na ida tinha sido 2-0 a favor do Olímpia.

Na definição dos pênaltis anotaram para o time mineiro Alecsandro, Guilherme, Jo e Leonardo Silva.

Pelo Olímpia cobraram: Herminio Miranda (defendido), Juan Carlos Ferreyra (gol), Salustiano Candia (gol), Eduardo Aranda (gol), Matías Giménez (errado).

Victor foi o herói nos pênaltis mais uma vez e defendeu o primeiro tiro de Miranda, apesar de se adiantar de forma flagrante.

"Eu acho que não foram mais do que nós, nós perdoamos, erramos dois, três gols", disse o DT do Olímpia, Ever Almeida para a imprensa depois do final da partida.

Olímpia controlou o jogo no primeiro tempo e desperdiçou uma clara ocasião de gol de Fredy Bareiro.

O Galo começou com tudo, mas foi se apagando, aumentando a preocupação que acabou passando para o público presente.

No segundo tempo, o local levantou seu nível e fechou o jogo do Olímpia. Pouco depois da expulsão de Julio Manzur aos 84 minutos, veio o salvador 2-0 que forçou o tempo extra e logo ir aos pênaltis.

Atlético Mineiro classificou ainda como representante da América do Sul para o Mundial de Clubes de dezembro.

"É uma vitória fenomenal", disse um eufórico treinador do Galo, Cuca, que não parou de rezar para Santa Maria durante os pênaltis.

O Atlético-MG só tinha uma Copa Conmebol-1992 como torneio internacional, que foi conquistada novamente justo contra o Olímpia.