Cree en grande.
CONMEBOL

CONMEBOL reafirma o Mineirão como o estádio em que o Atlético-MG jogará a revanche contra o Olímpia

CONMEBOL reafirma o Mineirão como o estádio em que o Atlético-MG jogará a revanche contra o Olímpia

Em uma nota dirigida ao senhor José Maria Marin, presidente da Confederação Brasileira de Futebol e assinada pelo senhor Eugenio Figueredo, presidente da Confederação Sul-Americana de Futebol, a CONMEBOL indica em primeiro termo a capacidade oficial do estádio Defensores del Chaco e adjunta uma documentação a respeito.

Em segundo termo, reafirma que a sede do jogo da revanche entre o Atlético Mineiro e o Olímpia deverá ser o estádio do Mineirão.  

A seguir, a nota central enviada pelo sr. Figueredo para o sr. Marin titular da CBF.

Senhor

José Maria Marin

Presidente da

Confederação Brasileira de Futebol

Rio de Janeiro - Brasil

 

Assunto: Jogos Finais da Copa Bridgestone Libertadores 2013

Estimado Presidente e amigo,

Fazemos referência a sua nota do dia de ontem, onde menciona os jogos finais da Copa Bridgestone Libertadores da América, e os estádios onde se disputarão ditos encontros, entre as equipes do Olímpia do Paraguai e o Atlético Mineiro do Brasil.

À respeito, comunicamos que conforme a informação que contamos na CONMEBOL, solicitada pela Associação Paraguaia de Futebol, o Estádio Defensores del Chaco conta com 40.759 lugares, discriminados devidamente, conforme a carta adjunta a esta missiva, adequando-se portanto às normas regulamentárias para um jogo final.

Cabe ressaltar que o Estádio Defensores del Chaco já foi sede em várias oportunidades de jogos finais neste mesmo torneio e nas Eliminatórias da Copa Mundial da FIFA.

Quanto à razão pela qual a CONMEBOL pronunciou que o jogo de volta seja disputado no Estádio do Mineirão, e não no Arena Independência, é simplesmente porque o citado estádio cumpre com os requisitos estabelecidos na regulamentação (Art. 9.4) quanto à capacidade para uma partida final (40.000 pessoas), em relação a capacidade inferior do Estádio Arena Independência (23.000 pessoas).

Espero que saiba compreender que a posição institucional que fundamentamos, está ajustada de acordo com a regulamentação vigente e, principalmente, a fim de dar maior brilho e realce ao evento culminante do torneio mais importante da CONMEBOL.

Com o apreço de sempre,


Eugenio Figueredo

Presidente

 

Com respeito à capacidade do estádio Defensores del Chaco, a Associação Paraguaia de Futebol enviou o número exato de pessoas que cabem no mesmo, detalhando a divisão da seguinte maneira:

Capacidade de venda ao público: 32.000 pessoas
Capacidade de assentos vitalícios:          2.000 pessoas
Capacidade de palcos de Honra, VIP, oficial: 6.000 pessoas
Capacidade de palcos privados, imprensa:        759 pessoas
Capacidade total:                 40.759 pessoas

 

Conmebol.com