Cree en grande.
CONMEBOL

O CONSELHO

O CONSELHO

A Confederação Sul-Americana de Futebol no dia 14 de setembro de 2016, num Congresso Extraordinário em Lima (Peru), após a conclusão do 66º Congresso Ordinário, determinou a vigência de um novo estatuto. O conjunto de leis, depois de uma longa análise das autoridades representativas, atende às normas vigentes em todo o mundo, especificamente no que se refere à FIFA.

O Conselho é a permanente autoridade da CONMEBOL em recesso do Congresso. Mediante o novo estatuto integra-se com um Presidente, três Vice-Presidentes e sete Diretores.

Entre as funções mais importantes a cargo do Conselho, encontram-se as de: administrar a Confederação, cumprir e fazer cumprir o Estatuto e Regulamentos bem como as resoluções do Congresso; convocar a Congressos Extraordinários; organizar torneios oficiais e ditar suas regras; definir a data de realização da Copa América, em conformidade com os regulamentos vigentes; adotar medidas disciplinares e impor sanções a dirigentes, árbitros, treinadores, jogadores, associações, clubes e qualquer um que se envolva na violação do Estatuto ou dos regulamentos dos torneios; nomear membros da Comissão de Finanças, o Presidente e membros da Comissão de Árbitros, da Comissão Técnica e da Comissão Médica.

 

O Conselho da CONMEBOL está conformado da seguinte maneira:

 

Presidente: Alejandro Domínguez (Paraguai)

Vice-Presidente 1°: Ramón Jesurun (Colômbia)

Vice-Presidente 2°: Laureano González (Venezuela)

Vice-Presidente 3°: Arturo Salah (Chile)

 

Wilmar Valdez (Uruguai)

Edwin Oviedo (Peru)

Rolando Lopez (Bolívia)

 

Reinaldo Carneiro Bastos (Brasil)

Carlos Villacis (Equador)

Robert Harrison (Paraguai)

Armando Perez (Argentina)

Vice-Presidente da FIFA: Alejandro Dominguez.

Membros do Conselho Executivo da FIFA:  Fernando Sarney (Brasil), Luis Segura, María Sol Muñoz (Equador) e Wilmar Valdez (Uruguai)