CONMEBOL
CONMEBOL Libertadores
CONMEBOL Sudamericana
CONMEBOL Recopa

O Congresso

O Congresso

É a máxima autoridade da CONMEBOL e reúne-se ordinariamente a cada dois anos para considerar a Memória e o Balanço Geral do Exercício vencido, o Orçamento de Gastos e Recursos para o exercício seguinte, assuntos incluídos pelo Comitê Executivo na Ordem do Dia, o informe da Comissão de Finanças e dos representantes da Confederação ante a FIFA.

Cada Congresso Ordinário estabelece o lugar e data do seguinte Congresso. Reúne-se extraordinariamente quando o Congresso Ordinário determina, pelo menos seis instituições afiliadas o solicite, o Comitê Executivo decida ou a pedido da Comissão de Finanças.

Cada associação tem direito a um voto no Congresso, mas poderá ser representada até por três Delegados. O mesmo é presidido pelo Presidente da Confederação. Os membros do Comitê Executivo não têm voto no Congresso, mas são considerados membros natos, assim como os representantes perante a FIFA, podendo integrar as Comissões e participar nas deliberalções.

Entre as faculdades mais importantes do Congresso encontra-se a possibilidade de afiliar, desafiliar e reincorporar membros; ditar, modificar e interpretar o Estatuto; resolver questões que se suscitem entre as instituições afiliadas, se não mediar de acordo com a designação de um árbitro; escolher os membros do Comitê Executivo, os Representantes da FIFA e o Presidente da Comissão de Finanças; conferir a Medalha ao Mérito como mostra de reconhecimento; conceder o título de Presidente ou Membro Honorário da Confederação; e resolver recursos de apelação contra as resoluções do Comitê Executivo.

A Confederação Sul-Americana de Futebol está composta por dez associações nacionais. Todas elas estão representadas em distintos órgãos de nossa entidade, cuja máxima instância é o Congresso, no qual se realiza a cada dois anos em forma ordinária. As dez afiliadas se encontram em um plano de igualdade e equilíbrio entre si, e compõem o Comitê Executivo da Confederação.

As associações da Argentina, Chile, Uruguai e Brasil, as quatro primeiras do continente, são membros fundadoras da CONMEBOL. A Associação de Futebol da Argentina, fundada em 1893, é a oitava entidade em seu tipo do mundo e a mais antiga da América.