Cree en grande.
CONMEBOL

Reinaldo Rueda, Luis Fernando Suárez e Jorge Luis Pinto, colombianos de exportação

×

Menssagem de erro

Notice: Undefined index: und em eval() (linha 1 de /data/www.conmebol.com/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_argument_default_php.inc(66) : eval()'d code).
Reinaldo Rueda, Luis Fernando Suárez e Jorge Luis Pinto, colombianos de exportação

O campeonato Mundial da FIFA Brasil 2014, tem situações semelhantes, algumas chamativas. É o caso dos diretores técnicos colombianos, condutores de seleções forasteiras: Reinaldo Rueda, líder da equipe equatoriana, Luís Fernando Suárez, técnico da Seleção de Honduras e Jorge Luis Pinto, gestor da classificação da seleção da Costa Rica.

Os três profissionalmente foram responsáveis da Seleção Colombiana de Futebol, em seu momento, talvez, não com tanta fortuna, como demonstram atualmente. Contudo,  afortunados, não precisamente é conotação de sorte, mas sim de tenacidade, convicção e capacidade.

O futebol da Colômbia, foi um exportador de futebolistas de alta gama, há muito tempo. São muito considerados e protagonistas, onde quer que vão.

No presente, é atípico exportador de diretores técnicos, que evidenciam sólida base formativa e provou que pode transmitir e manejar grupos, no qual por si só já é uma tarefa complexa, com obstáculos primários, como o fato de trabalhar fora de casa, com ambientes, às vezes hostis, e plantéis de futebolistas a conhecer. A adaptação ao meio, leva tempo, e implica certo grau de incerteza.

Porém, Pinto, Suárez e Reinaldo Rueda, materializaram seus maiores alcances esportivos além do território natal, o que abraça o brasão de prestígio aos colombianos no contexto do futebol mundial.

REINALDO RUEDA: Nasceu em 16 de abril de 1957 em Cali. Licenciado em Educação Física e Saúde na Universidad del Valle. Logo, fortaleceu conhecimentos na Universidade de Colônia, Alemanha. Foi instrutor da Escola Nacional de Treinadores de Futebol.

Estreou como DT na equipe de Cortuluá. Logo, dirigiu Deportivo Cali, Medellín e, em 2002, assume a direção técnica da Seleção da Colômbia. Em  2006, classifica e dirige Honduras no Mundial da África do Sul 2010.

Reinaldo Rueda, demonstrou que nada é por acaso. Classificou com o Equador ao Mundial Brasil 2014, desenvolvendo uma campanha duríssima, em que como líder se manteve firme nas circunstâncias adversas e conseguiu materializar o objetivo.

LUIS FERNANDO SUÁREZ: Nasceu em 23 de dezembro de 1959 na cidade da “eterna Primavera”, Medellín. Foi jogador do primeiro clube colombiano com credencial internacional: Atlético Nacional de Medellín, onde estreou como DT. Deportivo Cali, Deportes Tolima, Aucas, Deportivo Pereira e a Seleção do Equador, foram eslabões de sua vida profissional.

É Master em Negócios e Administração do Futebol, título optado no Instituto Johan  Cruyff de Estudos Esportivos.

A Seleção de Honduras será protagonista do Mundial 2014 com a liderança de Suárez. O técnico colombiano tornou possível a classificação hondurenha e, indiscutivelmente, comandará a sua equipe no grande palco do Brasil.

JORGE LUIS PINTO: Nasceu em 16 de dezembro de 1952 em San Gil, Santander. Profissionalmente se projetou no Millonarios, Independiente de Santa Fe, Unión Magdalena, Deportivo Cali, Alianza Lima, Atlético Bucaramanga, Liga Alajuelense, Atlético Junior, Cúcuta, Deportivo El Nacional e Deportivo Táchira.

Com semelhante trajetória, não era de se estranhar que no ano de 2007, se vinculasse como Diretor Técnico da Seleção Colombiana.

Sua atualidade, contudo, não causou-lhe mudanças. Modesto e constantemente exigente consigo mesmo, aguarda com a Costa Rica, o grande desafio.

A Colômbia está de parabéns. Sua seleção é uma referência pelo nível coletivo e individual que exibe, e se constitui em uma grande esperança.

Possui o valor agregado de que três técnicos do país cafeteiro, dos quais vêm a constituir-se na grande novidade do mundial, por merecimentos próprios.

 

NEBESE/ CONMEBOL.com