Cree en grande.
CONMEBOL

Uma final onde o jogo limpo foi um exemplo a ser considerado

Uma final onde o jogo limpo foi um exemplo a ser considerado

Ganhou San Lorenzo de Almagro, e a multidão no "Nuevo Gasómetro" contrastava com o frio clima invernal.

Em 13 de agosto de 2014, ficará na memorável pela maiúscula atitude da torcida azulgrená. Com um sonoro aplauso despediu os jogadores do Nacional do Paraguai, numa amostra cabal de jogo limpo e exemplar, reconhecendo o esforço dos guaranis, que honraram e demonstraram do porque que chegaram à instância decisiva da Bridgestone Libertadores.

Foi uma jornada com passagens de extrema emoção e a conquista do San Lorenzo significou o vigésimo terceiro título ganhado pelo futebol argentino no torneio mais emblemático de clubes da América do Sul.

O Presidente da CONMEBOL, Juan Ángel Napout, encabeçou a cerimônia de premiação acompanhado do Vice-Presidente da FIFA, Eugenio Figueredo e os senhores Luis Segura, Carlos Chávez, Luis Chiriboga, Alejandro Domínguez e José Luis Meiszner.

Nas imagens oferecemos a mágica noite do San Lorenzo de Almagro e a dignidade de um adversário que com o vice-campeonato, somou à lista de protagonistas do futebol continental.

 

Fotos: Maxi Failla.

CONMEBOL.com