Cree en grande.
CONMEBOL

Copa América Centenário: corpo técnico do Equador deu seu informe ante o diretório da FEF

Copa América Centenário: corpo técnico do Equador deu seu informe ante o diretório da FEF

Na sala de sessões da Presidência da Federação Equatoriana de Futebol, se reuniram o Presidente Carlos Villacís, membros da FEF e o corpo técnico da Seleção do Equador, com o treinador Gustavo Quinteros encabeçando a mesma.

Como primeiro ponto da reunião, o professor Quinteros, expôs seu relatório do realizado na Copa América Centenário 2016, que logo de analisar os jogos disputados ante Brasil, Peru e Haiti, chegou a conclusão que o jogo da equipe foi positivo e em todos os jogos superaram o rival na maior parte do tempo.
 
Porém, ficaram com o sabor amargo de não poder chegar a disputar as semifinais pelo simples fato de falhar na definição das jogadas geradas.
 
Apesar de não poder chegar a essa instância, o diretor técnico, reconheceu que ter superado a fase de grupos e ter classificado para as quartas de final depois de 19 anos, o deixou satisfeito e tranquilo esperando que os jogos das Eliminatórias continuem com o êxito realizado até agora.
 
“Avançamos a uma instância em Copas Américas, depois de 19 anos e estamos na melhor campanha de eliminatórias em 6 participações. Agora é necessário muito mais o apoio do futebol equatoriano e do país inteiro para continuar neste caminho em busca do objetivo principal que é a classificação para a Rússia 2018”, expôs o DT.
 
Em sua intervenção o engenheiro Villacís deixou claro que é responsabilidade do corpo técnico corrigir erros claros e evidentes que se evidenciaram em alguns jogos da Copa Centenário principalmente nos primeiros tempos, e que espera que o tempo que o corpo técnico esteve concentrado nos jogadores selecionados, treinando, jogando jogos amistosos e oficiais com a convivência diária que significa uma concentração, tenha servido para que o mesmo tenha bem clara a ideia da equipe base com o que, ao seu critério, enfrentarão as Eliminatórias ao Mundial da Rússia com êxito para conseguir uma classificação que nestes momentos é o mais importante.
 
 

Fonte: página web da FEF