Cree en grande.
CONMEBOL

De goleada, Chile derrota México e avança às semis

De goleada, Chile derrota México e avança às semis

O campeão Chile destruiu o México por 7-0 no sábado e se classificou para as semifinais da Copa América Centenário, nos Estados Unidos, com um desempenho do louvável do atacante Eduardo Vargas, que marcou quatro gols.

Esta é a pior queda da seleção mexicana desde o 8-0 ante a Inglaterra em um amistoso em 1961 e o pior resultado em uma partida oficial desde o 6-0 recebido da Alemanha em Córdoba (Argentina) durante a Copa do Mundo de 1978 .

Edson Puch abriu o placar aos 16 minutos e fechou aos 87, Vargas selou um pôquer (44, 52, 57 e 74) e Alexis Sanchez se juntou à farra aos 49 num  estádio Levi's de Santa Clara (Califórnia, oeste) repleto com 70,547 espectadores.

Com os quatro gols deste sábado, Vargas, que jogou preocupado com a saúde de sua mãe, que sofreu um pré-infarto quinta-feira em Santiago, chegou a seis gols e se tornou o líder da tabela de goleadores desta edição inédita do torneio.

A equipe de Juan Antonio Pizzi vai enfrentar nas semifinais, na próxima quarta-feira em Chicago (norte), a Colômbia, que derrotou o Peru por 4-2 nos pênaltis depois após empatar sem gols nos 90 minutos.

A Argentina, que venceu a Venezuela por 4-1, no sábado, e os Estados Unidos se enfrentarão um dia antes na outra semifinal em Houston (sul), que aparece no horizonte como uma revanche da final da última Copa América entre rojos e albicelestes.

 

Ficha técnica

Copa América Centenário - Quartas de final

Chile - México 7 - 0 (2-0)

Estádio: Levi's (Santa Clara, Califórnia, oeste)

Clima: agradável (23º C). Terreno: bom

Público: 70.547 espectadores

Árbitro: Heber Lopes (Brasil). Linhas: Kleber Gil e Bruno Boschilia (trio brasileiro) 

Gols:

Chile: Edson Puch (16, 87), Eduardo Vargas (44, 52, 57, 74), Alexis Sánchez (49)

Admoestados:

Chile: Arturo Vidal (38)

México: Andrés Guardado (59), Miguel Layùn (63)

Equipes:

México: Guillermo Ochoa - Miguel Layún. Néstor Araújo, Héctor Moreno, Paul Aguilar - Héctor Herrera, Andres Guardado, Jesús Dueñas (Carlos Peña, 46) - Hirving Lozano (Raúl Jiménez, 46), Jesus Corona (Diego Reyes, 60) e Javier Hernández. DT. Juan Carlos Osorio.

Chile: Claudio Bravo - José Fuenzalida, Gary Medel (Enzo Roco, 60), Gonzalo Jara, Jean Beausejour (Mark González, 72) - Arturo Vidal, Charles Aranguiz, Marcelo Díaz (Francisco Silva, 57) - Alexis Sanchez, Eduardo Vargas e Edson Puch. DT: Juan Antonio Pizzi.

 
00:00