Cree en grande.
CONMEBOL

Duelos que começam a definir passes à 3ª Fase

Duelos que começam a definir passes à 3ª Fase

-Atlético Mineiro recebe Danúbio -

Com um empate na partida de ida e uma sólida campanha no torneio local, o poderoso Atlético Mineiro do Brasil receberá, na terça-feira, um aguerrido Danúbio do Uruguai para buscará seu passe para a terceira fase da CONMEBOL Libertadores.

O Galo enfrentará os uruguaios a partir das 19h15 locais (21h15 GMT) na partida de volta no Estádio Independência, em Belo Horizonte, e o ganhador dessa chave enfrentará o vencedor do duelo entre o charrua Defensor Sporting e o Barcelona do Equador.

Na partida de ida, os mineiros conseguiram um empate 2-2 graças a dois gols do artilheiro Ricardo Oliveira.

A partida será conduzida pelo juiz argentino Patricio Loustau, auxiliado por seus compatriotas Diego Bonfa e Ezequiel Brailovsky.

-Possíveis formações-

Atlético Mineiro: Victor - Patric, Rever, Igor Rabello, Fabio Santos - Adilson, Elías, Juan Cazares, Luan, Yimmi Chará - Ricardo Oliveira. DT: Levir Culpi.

Danúbio: Federico Cristóforo - Sergio Felipe, Renzo Ramírez, Ernesto Goñi, Leandro Sosa - Gonzalo Montes, Pablo Siles, Carlos Grossmüller, Denis Olivera - Leandro Onetto e Federico Rodríguez. DT: Marcelo Méndez.

-Números-

  • Atlético Mineiro e Danúbio se enfrentaram apenas uma vez nas competições da CONMEBOL; foi no jogo de ida, quando empataram 2-2.
  • Atlético Mineiro perdeu apenas duas vezes como local na CONMEBOL Libertadores (26V 12E); a primeira foi contra o Boca Juniors, em 1978, e a segunda contra o Atlas, em 2015.
  • Danúbio venceu apenas um de seus últimos 11 jogos fora de casa na CONMEBOL Libertadores (2E 8D); foi precisamente o último, em 2015, contra o San Lorenzo.
  • Na partida de ida, Ricardo Oliveira marcou dois tantos com seis chutes a gol; o número máximo de chutes a gol para um jogador em um jogo de competições CONMEBOL desde agosto de 2014.
  • Danúbio recebeu 12 chutes a gol no jogo de ida, algo que não acontecia nas competições da CONMEBOL desde abril de 2015, no 0-4 contra o Corinthians (12 remates).

-Medellín busca o ponto final contra Palestino-

Apelando à sua fortaleza em casa, o Deportivo Independiente Medellín vai buscar na terça-feira a sentença da chave contra o Palestino chileno para sonhar com a fase de grupos da CONMEBOL Libertadores.

O duelo de volta da segunda fase do torneio será disputado às 18h30 locais (23h30 GTM) no estádio Atanasio Girardot, em Medellín (noroeste), e definirá a série que ficou empatada 1-1 na quarta-feira, em Santiago.

O vencedor enfrentará o ganhador do duelo entre Talleres de Córdoba da Argentina e São Paulo do Brasil, em que os argentinos têm uma vantagem de 2-0.

O duelo de volta, que será transmitido no Facebook, será dirigido pelo juiz venezuelano Juan Soto, acompanhado por seus compatriotas Carlos López e Jorge Urrego.

-Possíveis formações-

Independiente Medellín: David González - Elvis Perlaza, Héctor Urrego, Jesús Murillo, Dairon Mosquera - William Parra, Diego Arias, Nicolás Palacios, Andrés Ricaurte - Leonardo Castro e Germán Cano. DT: Octavio Zambrano.

Palestino: Ignacio González - Brayan Véjar, Alejandro González, Nicolás Díaz, Luis Mago - César Cortés, Julián Fernández, Agustín Farías, Cristóbal Jorquera - Roberto Gutiérrez e Lucas Passerini. DT: Ivo Basay.

-Números-

  • Independiente Medellín e Palestino se enfrentarão pela segunda vez em competições CONMEBOL; a primeira foi o encontro de ida, quando empataram 1-1.
  • Independiente Medellín perdeu três de seus últimos cinco jogos em casa nas competições CONMEBOL (2V), o mesmo número de derrotas de seus anteriores 22 jogos em casa, na competição (12V 7E).
  • Palestino venceu apenas um de seus últimos seis jogos fora de casa na CONMEBOL Libertadores (1E 4D); contra o Zamora, em 2015.
  • Leonardo Castro participou de quatro dos últimos seis gols do Independiente Medellín nas competições CONMEBOL; marcou dois e deu assistência para outros dois, incluindo o jogo de ida.
  • Os últimos 16 gols que o Palestino recebeu nas competições da CONMEBOL foram de dentro da área; dois deles de pênalti.

-Barcelona aguarda Defensor-

O equatoriano Barcelona aguarda a visita do Defensor Sporting com um 0-3 contra que deverá recuperar para primeiro tentar chegar aos pênaltis ou classificar diretamente, em caso de vencer por 4-0.

A equipe mais popular do Equador jogará como local na volta, em Guayaquil.

O jogo está marcado para as 18h30 locais (23H30 GMT) no estádio Monumental, propriedade do Barcelona, e será conduzido pelo juiz colombiano Wilmar Roldán, auxiliado por seus compatriotas Wilmar Navarro e John Alexander León.

-Prováveis formações-

Barcelona: Damián Frascarelli - Byron Castillo, Xavier Arreaga, Félix Torres, Béder Caicedo - Sebastián Pérez, Gabriel Marques, Ely Esterilla, Marcos Caicedo - Christian Alemán e Angelo Quiñónez. DT: Guillermo Almada.

Defensor Sporting: Gastón Rodríguez - Nicolás Correa, Emanuel Beltrán, Santiago Carrera, Alejandro Villoldo - Matías Santos, Joaquín Piquerez, Álvaro González, Martín Rabunal - Pablo López e Alvaro Navarro. DT: Jorge Da Silva.

-Números-

  • Barcelona e Defensor Sporting se enfrentarão pela segunda vez em competições CONMEBOL; a primeira foi no jogo de ida.
  • Barcelona perdeu apenas uma vez como time local contra equipes do Uruguai na CONMEBOL Libertadores (4V 2E); foi contra o Peñarol, em 1969.
  • Defensor Sporting perdeu as duas únicas vezes que jogou como visitante no Equador pela CONMEBOL Libertadores; a primeira foi contra Olmedo, em 2001, e a segunda contra o Deportivo Quito, em 2012.
  • Na partida de ida, Xavier Arreaga foi o jogador do Barcelona que realizou mais desarmes (5), interceptações (3) e roubos de bolas (2).
  • Além de marcar o gol do Defensor Sporting no jogo de ida, Álvaro Navarro também foi o jogador com criou mais chances para sua equipe (3).

 

 

 

 

AFP

Números: OPTA