Cree en grande.
CONMEBOL

Estatísticas revelam cautela e a previsão é reservada

Estatísticas revelam cautela e a previsão é reservada

Na partida de Ida o saldo foi de 1-1, assim Independiente manteve uma leve vantagem de um jogo mais conquistado sobre o Grêmio, aumentando para três a cifra de empates em confrontos entre si, onde estes dois times definirão o título da CONMEBOL Recopa 2018. 

O duelo acontecerá no Estádio Arena do Grêmio, que prevê mais de 50 mil torcedores. O confronto está previsto para as 21:45 horas locais.

- Registros das disputas entre Grêmio e Independiente - 

Tem 8 confrontos internacionais oficiais  

Independiente ganhou 3, Grêmio 2 e empataram 3 

Os jogos ocorreram em quatro competições diferentes: Libertadores, Supercopa, Recopa e Mercosul

O antecedente na Recopa ocorreu no dia 7 de abril de 1996. Foi disputado na cidade de Kobe (Japão). Grêmio venceu por 4-1 com gols de Jardel, Carlos Miguel, Adílson e Paulo Nunes, enquanto Jorge Burruchaga marcou o único tanto para o time argentino.

- Grêmio local -

Ótimo rendimento em torneios Conmebol: nas últimas 15 disputas venceu 11, empatou 2 e perdeu 2 

Em torneios oficiais foi local em 28 oportunidades para times argentinos com resultado positivo (15 – 8 – 5) 

Em três oportunidades as equipes brasileiras receberam times argentinos pela Recopa: São Paulo 2 – Boca Juniors 2 (2006), Internacional 3 – Independiente 1 (2011) e Atlético Mineiro 4 – Lanús 3 (2014) 

- Independiente visitante -  

Seu último jogo nesta condição foi no Brasil e se consagrou campeão da CONMEBOL Sul-Americana 2017 ao empatar 1-1 com o Flamengo

Registra 12 jogos oficiais sem vencer no Brasil, onde somente ganhou 4 das 30 vezes que disputou estando lá.

Os triunfos foram: Santos 3-2 (Toninho, Pepe – Rodríguez, Bernao, Suárez/Libertadores 1964), Grêmio 1-0 (Burruchaga/Libertadores 1984), Santos 2-1 (Ditinho – Alfaro Moreno, Insúa/Supercopa 1989) e Corinthians 2-1 (Luizão – Esteban Cambiasso, Luis Guadalupe/Mercosul 1999) 

- Árbitro – Enrique Cáceres - 

Será o seu jogo número 50 em torneios de clubes Conmebol. 

Pela primeira vez irá dirigir uma Recopa .

Esteve presente em 33 encontros da Copa Libertadores e 16 da Copa Sul-Americana 

Dirigiu quatro vezes o Grêmio, sempre na Copa Libertadores: Atlético Nacional 2-0 (2014), Rosario Central 0-3 (2016), Godoy Cruz 2-1 e Lanús 2-1 (2017), e em duas ocasiões o Independiente, ambas pela Copa Sul-Americana: Lanús 1-0 (2016) e Deportes Iquique 4-2 (2017).

 

CONMEBOL.com/Eduardo Bolaños