Cree en grande.
CONMEBOL

Flamengo e Grêmio duelam pela final rumo à Glória Eterna

Flamengo e Grêmio duelam pela final rumo à Glória Eterna

O Flamengo e o Grêmio definirão, nesta quarta-feira, o representante brasileiro na final da CONMEBOL Libertadores 2019, depois do 1-1 na ida das semifinais que deixa os cariocas com uma pequena vantagem.

O Flamengo, clube mais popular do Brasil, quer continuar no torneio continental o caminho que mantém no Brasileirão, onde é líder com 10 pontos à frente do Palmeiras, segundo, faltando onze rodadas para o final do campeonato.

A equipe, treinada pelo português Jorge Jesus, procurará repetir a boa imagem que deixou em Porto Alegre na partida de ida, que terminou empatada.

Em caso de classificação, o Flamengo disputará a segunda final da CONMEBOL Libertadores de sua história, depois da final de 1981, quando venceu o Cobreloa chileno.

O Grêmio, conhecedor dessas instâncias, procurará surpreender no Maracanã.

A partida será na quarta-feira, às 21h30 (00h30 GMT da quinta-feira) no Maracanã do Rio de Janeiro e será liderada pelo argentino Patricio Loustau, assistido nas bandas por seus compatriotas Diego Bonfa e Gabriel Chade.

-Possíveis formações-

Flamengo: Diego Alves - Rafinha, Marí, Rodrigo Caio, Filipe Luis - Arão, Piris - Bruno Henrique, Gerson, Vitinho - Gabigol. DT: Jorge Jesus 

Grêmio: Paulo Victor - Léo Moura, Geromel, Kannemann, Bruno Cortez - Maicon - Matheus Henrique, Thaciano, Alisson, Everton - Diego Tardelli. DT. Renato Portaluppi. 

-Dados-

  • Flamengo não perdeu nenhum dos seus últimos quatro jogos contra o Grêmio em todas as competições: venceu três e empatou um (o empate foi na semifinal de ida desta Copa).
  • Flamengo e Grêmio se enfrentaram 10 vezes nas competições CONMEBOL, com duas vitórias por equipe e seis empates. A única vitória de Mengão contra o Tricolor Gaúcho pela Copa Libertadores foi de 3-1 em 1984 (3E 2D).
  • Flamengo perdeu apenas dois de seus 12 jogos em casa entre as últimas três edições da CONMEBOL Libertadores (8V 2E); as derrotas foram contra o Cruzeiro (0-2, nas oitavas de final de 2018) e o Peñarol (0-1, na fase de grupos de 2019).
  • Grêmio venceu seus últimos três jogos de visitante pela CONMEBOL Libertadores, igualando sua segunda maior racha histórica na competição (4V em 2009, 3V em 1983).
  • Grêmio venceu apenas uma das seis fases eliminatórias da CONMEBOL Libertadores em que não venceu o jogo de ida como local; foi na edição atual, nas quartas de final contra o Palmeiras: caiu 0-1 e venceu por 2-1 em sua visita.
  • Flamengo definirá como local contra outra equipe do Brasil uma série eliminatória da CONMEBOL Libertadores pela primeira vez; as quatro anteriores foram de visitantes (avançou e foi eliminado duas vezes): não foi eliminado contra São Paulo nas quartas de final de 1993; classificou contra o Corinthians nas oitavas de final de 2010; foi eliminado contra o Cruzeiro nas oitavas de 2018 e se classificou contra a Internacional nas quartas de final de 2019.
  • Flamengo tem em média 66,5% de posse de bola em casa na CONEMBOL Libertadores 2019, sendo o maior percentual entre as 32 equipes que disputaram a fase de grupos.
  • Grêmio completou 236 passes contra o Flamengo na semifinal de ida (1-1), sendo sua segunda menor quantidade na CONMEBOL Libertadores 2019 (201 contra Palmeiras, como visitante); sua média na competição é 403 por jogo.
  • Bruno Henrique, do Flamengo, é o jogador que participou de mais gols (9) na CONMEBOL Libertadores 2019, com quatro marcações e cinco assistências.
  • Everton marcou metade dos gols do Grêmio como visitante na CONMEBOL Libertadores 2019 (8/4); o restante foi de André (2), Jean Pyerre e Alisson.

 

 

 

 

AFP

Dados: OPTA