Cree en grande.
CONMEBOL

Galería histórica

Las imágenes que construyeron la grandeza de América del Sur

El fútbol de América del Sur se construyó con generaciones de futbolistas y dirigentes que catapultaron al bien llamado “continente del fútbol”, al primer mundo de la excelencia.

Nadie podrá discutir la contribución de Sudamérica en el desarrollo del balompié universal, con personajes célebres, que peldaño a peldaño alcanzaron notoriedad, en base al sacrificio e integridad, constituyéndose en mensajeros del juego limpio, desde siempre…

CONMEBOL.com rinde su homenaje a miles de hombres y mujeres que con devoción tributaron, en el día a día, el más genuino sentimiento de pertenencia, exhortando la magnanimidad del fútbol como herramienta de convivencia pacífica, respeto y solidaridad y mejor calidad de vida entre los seres humanos.

AGUSTÍN DELGADO do EQUADOR e a marca do BRASILEIRO ROBERTO CARLOS, em um jogo das Eliminatórias 2005. Ambas as seleções protagonizaram, posteriormente, o campeonato mundial Alemanha 2006.
MARIO ALBERTO KEMPES, UMA ESTAMPA COM GOSTINHO DE GLÓRIA. Argentina, campeã mundial de 1978. Atrás encontra-se Leopoldo Jacinto Luque.
MARÉ HUMANA EM MONTEVIDÉU. A seleção uruguaia retorna após marcante participação no Mundial África do Sul-2010. Foi semifinalista.
SELEÇÃO COLOMBIANA 1994. Acima: A. Mendoza, L. Álvarez, A. Escobar, F. Rincón, H. Gaviria , A. Valencia e O. Córdoba. Abaixo: C. Valderrama, F. Asprilla, W. Pérez e L. Herrera. DT: F. Maturana. Assistente: H. “Bolillo” Gómez.. Uma equipe de craques…
SELEÇÃO DO CHILE, ANO 1962. Em pé: C. Contreras, R. Sánchez, E. Rojas, M. Escuti, M. Rodriguez e L. Eizaguirre. Agachados: J. Ramirez, J. Toro, H. Landa, A. Tobar e L. Sánchez. DT: F. Riera. A equipe anfitriã se classificou em terceiro lugar.
LEONEL SÁNCHEZ E FERNANDO RIERA, NUMA IMAGEM PLETÓRICA DO MUNDIAL CHILE 1962. Duas excelências do futebol chileno. O primeiro futebolista, o outro, Diretor Técnico.
A COPA JULES RIMET EM MÃOS BRASILEIRAS NA CONQUISTA NO MUNDIAL DA SUÉCIA 1958. O capitão Hidelardo Bellini, o Diretor Técnico Vicente Feola e o inesquecível Gilmar Santos. Brasil iniciava seu romance com a hegemonia no futebol.
EDISON PÉREZ, ÁRBITRO PERUANO QUE MARCOU UMA TRAJETÓRIA NOTÁVEL. Esteve cinco vezes numa final da Libertadores, e duas como assistente ou linesman, como se dizia antigamente, do mesmo torneio.
12, DEZEMBRO 2005, ESTÁDIO YOKOHAMA.Copa Europeia-Sul-Americana: ONCE CALDAS e FC PORTO. Como capitães Jorge Costa (português) e Samuel Vanegas (colombiano. Completam a cena: W. Reátegui (Per), T. Yoshida (Jap), J. Larrionda (Uru) e A. Andino (Par)
PEDRO VIRGILIO ROCHA, UM GOLEADOR INATO. Brilhante trajetória vestindo a camisa celeste uruguaia. Foto da época das eliminatórias do ano 1967.
CARLOS CASZELY, EXCEPCIONAL ATACANTE CHILENO, em uma atuação deslumbrante, supera a marcação do peruano Carbonell. A cena foi captada em 5 de agosto de 1973, no Centenário de Montevidéu. Chile ganhou do Peru 2-1, num jogo de desempate.
EDISON MÉNDEZ, domina a bola, frente a marcação de dois jogadores croatas. Foi no Mundial 2002, vestindo a camisa nacional do Equador.
ROBERTO “CHORRI” PALACIOS, CAMPEÃO COM LIGA DEPORTIVA UNIVERSITARIA DE QUITO. O peruano teve momentos incríveis em sua carreira profissional e como tal um ídolo popular.
ESTÁDIO URBANO CALDEIRA, do SANTOS. Lugar histórico no futebol brasileiro e sul-americano. Foto: Livro Santos 462 Anos.
CIENCIANO DE CUSCO, UMA EPOPEIA COM SELO PERUANO. Campeão da Copa Sul-Americana 2003 e Campeão da Recopa 2004.
PELÉ E BECKEMBAUER, na cerimônia de lançamento oficial da Copa Confederações Alemanha 2006.
PARAGUAI, CAMPEÃO DA AMÉRICA 1979: Juan Espínola, Juan B. Torales, Flaminio Sosa, Carlos Kiese, Roberto Fernández e Roberto Paredes. Abaixo: Aldo Floretín, Milciades Morel, Osvaldo Aquino, Amado Pérez e Julio César Romero. DT: Ranulfo Miranda.
ARGENTINA CAMPEÃ MUNDIAL SUB-20 DA FIFA. Ano 2005, na Holanda: G. Paletta, E. Garay, P. Zabaleta, O. Ustari, F. Gago y G. Oberman. Abaixo: L. Messi, R. Archubi, J. Barroso, Juan M. Torres e L. Fórmica. DT: Francisco Ferraro.