Cree en grande.
CONMEBOL

Grandes duelos em outra noite de Copa pela CONMEBOL Libertadores

Grandes duelos em outra noite de Copa pela CONMEBOL Libertadores

-Liga e Boca em expectante duelo de copeiros-

O Liga de Quito, o único equatoriano que conquistou a CONMEBOL Libertadores, vai animar como local, nesta quarta-feira, com o argentino Boca Juniors, seis vezes campeão do torneio, um jogo de grande expectativa pela ida das quartas de final da Copa.

A campanha copeira da 'U' de Quito revive a esperança de sua torcida por um novo título, porque retornou a essa instância após onze anos. Em 2008, eliminou o também argentino San Lorenzo nas quartas de final e foi em busca de seu primeiro troféu internacional, que foi seguido pelas coroas da Sul-Americana 2009 e da Recopa Sul-Americana 2009 e 2010.

A partida está programada para as 17h15 locais (22h15 GMT) da quarta-feira e terá o colombiano Wilmar Roldán como árbitro central, acompanhado por seus compatriotas Alexander Guzmán e Dionisio Ruiz nas linhas.

A revanche será disputada no dia 28 de agosto, no La Bombonera.

-Possíveis formações-

Liga de Quito: Adrián Gabbarini - Antonio Valencia, Franklin Guerra, Carlos Rodríguez, Christian Cruz - Jefferson Orejuela, Édison Vega, Andrés Chicaiza, Adolfo Muñoz - Ánderson Julio e Rodrigo Aguirre. DT: Pablo Repetto.

Boca Juniors: Esteban Andrada - Marcelo Weigandt, Carlos Izquierdo, Lizandro López, Emmanuel Mas - Nicolás Capaldo, Iván Marcone, Eduardo Salvio, Alexis Mac Allister - Mauro Zárate e Ramon Ábila. DT: Gustavo Alfaro.

-Números-

  • Liga de Quito e Boca Juniors se enfrentarão pela primeira vez na CONMEBOL Libertadores; o Xeneize eliminou os Albos a única vez que se encontraram em competições da CONMEBOL, foi nas oitavas de final da Sul-Americana 2008 (1V 1E).
  • Liga de Quito perdeu apenas dois dos seus 22 jogos em casa nas competições da CONMEBOL contra equipes da Argentina (16V 4E); as derrotas foram ambas contra o Vélez pela Libertadores, 1-3 em 2006 e 0-2 em 2011.
  • Boca Juniors perdeu apenas dois de seus últimos 16 jogos como visitante na CONMEBOL Libertadores (4V 10E); as derrotas foram em 2016, 1-2 contra o Independiente del Valle e na edição atual, 0-3 contra o Athletico Paranaense.
  • Liga de Quito jogará sua 146ª partida na CONMEBOL Libertadores; vai igualar o El Nacional como o terceiro time do Equador com o maior número (213 Emelec e 205 Barcelona).
  • Carlos Tevez acumula 53 partidas com o Boca Juniors na CONMEBOL Libertadores; com mais um jogo iguala Guillermo Barros Schelotto como o sexto jogador com mais presenças na competição para o Xeneize.

 

-Flamengo quer manter seu bom momento contra o Inter-

Duas equipes brasileiras em ascensão, Flamengo e Internacional de Porto Alegre, se medirão nesta quarta-feira no Maracanã, na ida das quartas de final da CONMEBOL Libertadores, com um local em alta devido a fichagens recentes que elevaram a qualidade de uma das melhores equipes do continente.

O Flamengo está confiante no poder intimidador de sua torcida, que deve lotar o Maracanã do Rio de Janeiro com cerca de 70 mil pessoas, para conseguir um bom resultado e encarar a partida de volta com garantias, na próxima semana, em Porto Alegre.

A partida terá início às 21h30 locais (00h30 GMT de quinta-feira) e será arbitrada pelo chileno Roberto Tobar.

-Possíveis formações-

Flamengo: Diego Alves - Rafinha, Marí, Rodrigo Caio, Filipe Luis - Arao, Cuéllar - Bruno Henrique, Gerson, Arrascaeta -  Gabigol- DT_ Jorge Jesús.

Internacional: Marcelo Lomba - Bruno, Moledo, Cuesta, Uendel - Lindoso, Edenilson, Patrick - D’Alessandro, Rafael Sobis, Paolo Guerrero. DT: Odair Hellmann.

-Números-

  • Flamengo e Internacional se encontraram na CONMEBOL Libertadores apenas em 1993; nessa edição, o Mengão empatou 0-0 como visitante e depois venceu por 3-1 em casa.
  • Flamengo perdeu apenas dois de seus 11 jogos em casa contra outro time do Brasil na CONMEBOL Libertadores (6V 3E); as derrotas foram 1-3 contra o Grêmio em 1983 e no mais recente, 0-2 contra o Cruzeiro, em 2018.
  • Internacional permanece invicto em seus oito jogos da CONMEBOL Libertadores 2019 (6V 2E); é a segunda vez que ele tem tal sequência na mesma edição, a anterior foi em 2006, ano em que venceu a competição (5V 3E). O Flamengo acumula 148 gols em casa na Conmebol Libertadores; precisa de dois para ser o quinto time do Brasil a chegar a 150 na competição.
  • Andrés D'Alessandro acumula 43 partidas com o Internacional na CONMEBOL Libertadores; é o jogador estrangeiro com mais partidas com uma equipe brasileira na competição.

 

 

 

 

AFP/CONMEBOL.com

Números: OPTA