Cree en grande.
CONMEBOL

Haverá final sul-americana: Argentina goleia EUA e vai pelo título

Haverá final sul-americana: Argentina goleia EUA e vai pelo título

Um Lionel Messi mágico conduziu a Argentina à final da Copa América Centenário com uma goleada de 4-0 sobre o anfitrião Estados Unidos, num estádio lotado.

A partida foi marcada pelo recorde de Lionel Messi e pelo susto protagonizado por Ezequiel Lavezzi. O camisa 10 fez o segundo gol do jogo, em cobrança de falta aos 32 min do primeiro tempo, e se tornou o maior artilheiro da história da seleção argentina – o astro do Barcelona contabiliza 55 gols, contra 54 de Gabriel Batistuta.

Já Lavezzi, autor do primeiro gol do confronto, deixou o campo aos 20 min do segundo tempo. O camisa 22 saltou para tentar dominar uma bola alta na lateral, mas caiu por cima das placas de publicidade. Com suspeita de fratura no braço, deixou o campo para a entrada de Erik Lamela.

Com a vaga na decisão, a Argentina tem mais uma chance para encerrar seu jejum de títulos, já que não levanta uma taça desde a Copa América de 1993. Desde então, a equipe chegou a seis finais (Copa das Confederações 1995, Copa América 2004, Copa das Confederações 2005, Copa América 2007, Copa do Mundo 2014 e Copa América 2015), terminando sempre com o vice.

O adversário da Argentina na final sai do confronto entre Colômbia e Chile, que medem forças nesta quarta-feira (22), em Chicago. A decisão do torneio acontece no dia 26 de junho, no MetLife Stadium, em Nova Jersey.

O primeiro gol do jogo saiu logo aos 3 min do primeiro tempo, em jogada que demonstrou o entrosamento do ataque argentino. Messi aproveitou a sobra de bola no ataque e, de primeira, cruzou de esquerda para a área; livre, Lavezzi cabeceou sem força, tirando do goleiro Brad Guzan.

Coube a Messi ampliar o placar em cobrança de falta aos 32 min da etapa inicial: da intermediária, o camisa 10 bateu de esquerda e mandou no ângulo de Guzan. Foi o 55º gol do astro com a camisa da seleção argentina.

La 'Pulga' lleva cinco goles en lo que va del torneo y su selección 18 en sus cinco encuentros, todos ganados (Chile 2-1, Panamá 5-0, Bolivia 3-0 en primera fase, y Venezuela 4-1 en cuartos).

Veja a ficha técnica da partida entre Argentina e Estados Unidos pelas semifinais da Copa América Centenário, disputada nesta terça no estádio NRG de Houston, estado do Texas:

Copa América Centenário - Semifinais

Estados Unidos 0-4 Argentina (Parcial: 0-2)

Estádio: NRG (Houston, Texas)

Clima: cálido e úmido (24º C). Terreno: bom

Público: 70.858 espectadores

Árbitro: Enrique Cáceres. Linhas: Edaurdo Cardozo e Milcíades Saldívar (trio paraguaio)

Gols:

Argentina: Ezequiel Lavezzi (3), Lionel Messi (32), Gonzalo Higuaín (50, 86)

Admoestados:

Estados Unidos: Chris Wondolowski (30)

Equipes:

Argentina: Sergio Romero - Gabriel Mercado, Nicolás Otamendi, Ramiro Funes Mori e Marcos Rojo (Víctor Cuesta, 83) - Augusto Fernández (Lucas Biglia, 59), Javier Mascherano y Ever Banega - Lionel Messi, Gonzalo Higuaín y Ezequiel Lavezzi (Erik Lamela, 67). DT: Gerardo Martino 

Estados Unidos: Brad Guzan - DeAndré Yedlin, Geoff Cameron, John Brooks, Fabian Johnson - Michael Bradley, Kyle Beckerman (Steven Birnbaum, 60), Graham Zusi - Chris Wondolowski (Christian Pulisic, 46), Clint Dempsey (Darlington Nagbe, 78) e Gyasi Zardes. DT: Jürgen Klinsmann.

 
00:00