Cree en grande.
CONMEBOL

A História da Levain Cup

A História da Levain Cup

Athletico Paranaense ficou com a taça da Levain Cup, denominada anteriormente Copa Suruga, um troféu com 12 anos de história, cujas conquistas ficaram divididas em 6 títulos para o Japão e 6 para a CONMEBOL.

O triunfo desta quarta-feira do Athletico (4-0 sobre Shonan Bellmare) permite que o Brasil e a CONMEBOL voltem a considerar mais uma de suas equipes como vencedora da Copa Suruga, feito que até agora só havia conseguido o Internacional de Porto Alegre em 2009.

O primeiro campeão foi o Arsenal da Argentina, que venceu por 1-0 o Gamba Osaka com gol de Carlos Casteglione, em 30 de julho de 2008

Um ano mais tarde (5 de agosto de 2009) Internacional de Porto Alegre foi o que festejou a vitória sobre Oita Trinita por 2-1, com gols de Alecsandro, Andrezinho e Keigo Higashi.

No dia 4 de agosto de 2010, o troféu ficou pela primeira vez com o time japonês, no jogo entre F. C Tokyo e Liga Deportiva de Quito, disputado no final nos pênaltis depois de ter empatado no tempo regulamentar (Sota Hirayama, Massashi Oguro – Hernán Barcos, Patricio Urrutia de pênalti).

Novamente nos pênaltis venceram os locais no dia 3 de agosto de 2011, quando Júbilo Iwata se impôs sobre o Independiente da Argentina. Nos 90’ minutos o resultado ficou em 2-2 (Tomoyuki Arata, Roberto Battión contra – Eduardo Tuzzio, Facundo Parra).

No dia 1 de agosto de 2012, na terceira edição consecutiva, a equipe japonesa levantou o troféu por pênaltis, após empatar em dois a dois, venceu o Kashima Antlers do Universidad de Chile. As definições: Diki Iwamasa, Renato, Daiki Iwamasa e Charles Aranguiz. A extensa definição foi por 7 a 6.

7 de agosto de 2013, numa grande partida, Kashima Antlers repetiu a conquista da temporada anterior. Nessa ocasião contra o São Paulo por 3-2, com notável trabalho do atacante Yuya Osako, que marcou um 'hat-trick'. Do lado brasileiro marcaram Paulo Ganso e Aloisio.

Na quinta edição sucessiva o campeão foi o representante local, em 6 de agosto de 2014. Kashiwa Reysol venceu o Lanús por 2-1, com gols de Kaoru Takayama e Leandro de pênalti, Tatsuya Masushima marcou para os ‘granates’.

A marca de vitórias dos locais foi rompida em 11 de agosto de 2015 com a vitória do River Plate, trazendo a taça novamente para a América do Sul, ao vencer o Gamba Osaka por 3-0, com gols de Carlos Sánchez de pênalti, Gabriel Mercado e Gonzalo Martínez.

Um ano mais tarde (10 de agosto de 2016), Santa Fé de Bogotá se consagrou campeão ao vencer o Kashima Antlers, com gol de Humberto Osorio.

Em 2017, o Urawa Red Diamonds ficou com o troféu após vencer a Chapecoense por 1-0 com gol de Yuki Abe.

Na penúltima edição, em 8 de agosto de 2018, Independiente de Avellaneda derrotou por 1-0 o Cerezo Osaka, com gol de Silvio Romero.

O último troféu ficou nas mãos da América do Sul. O ‘Furacão’ de Curitiba goleou por 4-0 o Shonan Bellmare em Hiratsuka.

- Campeões -

2008:   Arsenal (ARG)

2009:   Internacional (BRA)

2010:   FC Tokyo (JPN)

2011:   Júbilo Iwata (JPN)

2012:   Kashima Antlers (JPN)

2013:   Kashima Antlers (JPN)

2014:   Kashiwa Reysol (JPN)

2015:   River Plate (ARG)

2016:   Santa Fe (COL)

2017:   Urawa Red Diamonds (JPN)

2018:   Independiente (ARG)

2019:   Athletico Paranaense (BRA)

 

 

 

 

CONMEBOL.com