Cree en grande.
CONMEBOL

Independiente bate Lara e avança às oitavas

Independiente bate Lara e avança às oitavas

Independiente, máximo campeão histórico da CONMEBOL Libertadores com sete coroas, classificou nesta quinta-feira às oitavas de final do torneio continental, ao vencer o venezuelano Deportivo Lara por 2-0, pela sexta e última data do Grupo G.

Martín Benítez (38’ minutos) e Emanuel Gigliotti (80') marcaram os gols para o triunfo do 'Rojo', enquanto que Deportivo Lara terminou o jogo com dez jogadores pela expulsão de Daniel Carrillo (60’)

Com o triunfo, Independiente chegou a 10 pontos e classificou como escolta do brasileiro Corinthians, que apesar de perder 1-0 contra Millonarios terminou no topo com melhor diferença de gol, pelo que ambos passam às oitavas de final. Enquanto, que os colombianos 'Millos' (8) passam à Sul-Americana e Deportivo Lara (6) se despede do certame.

Para Independiente, tratou-se de sua volta a instâncias decisivas da Libertadores depois de 23 anos, já que não alcançava as oitavas de final desde 1995.

Desde o começo, o conjunto local entrou decidido em buscar da vitória para não depender de outros resultados, e rápidamente Deportivo Lara procurou defender-se com quase todos seus homens na área.

O equatoriano Fernando Gaibor teve a primeira grande ocasião com um chutaço defendido por Carlos Salazar, e imediatamente Benítez impactou um remate na trave, tudo dentro de um claro dominio do local. 

Não mudou nada o desenvolvimento no segundo tempo, com um Independiente lançado em busca do segundo gol que desse a tranquilidade definitiva, ao mesmo tempo que Lara se afastava ainda mais trás a expulsão de Carrillo por dupla admoestação.

Mesmo que dominava vontade, a equipe de Avellaneda não terminava de sentenciar um jogo desigual e perdia vario gols, incluido outro chutaço de Benítez, que bateu na trave com Salazar já vencido.

Finalmente chegou o 2-0 definitivo, logo de uma boa combinação entre Gaibor e Benítez, assistente do artilheiro Gigliotti, que quase quebra o gol de Salazar com um remate de pura potência.

 

 

AFP

Independiente, máximo campeão histórico da CONMEBOL Libertadores com sete coroas, classificou nesta quinta-feira às oitavas de final do torneio continental, ao vencer o venezuelano Deportivo Lara por 2-0, pela sexta e última data do Grupo G.

Martín Benítez (38’ minutos) e Emanuel Gigliotti (80') marcaram os gols para o triunfo do 'Rojo', enquanto que Deportivo Lara terminou o jogo com dez jogadores pela expulsão de Daniel Carrillo (60’)

Com o triunfo, Independiente chegou a 10 pontos e classificou como escolta do brasileiro Corinthians, que apesar de perder 1-0 contra Millonarios terminou no topo com melhor diferença de gol, pelo que ambos passam às oitavas de final. Enquanto, que os colombianos 'Millos' (8) passam à Sul-Americana e Deportivo Lara (6) se despede do certame.

Para Independiente, tratou-se de sua volta a instâncias decisivas da Libertadores depois de 23 anos, já que não alcançava as oitavas de final desde 1995.

Desde o começo, o conjunto local entrou decidido em buscar da vitória para não depender de outros resultados, e rápidamente Deportivo Lara procurou defender-se com quase todos seus homens na área.

O equatoriano Fernando Gaibor teve a primeira grande ocasião com um chutaço defendido por Carlos Salazar, e imediatamente Benítez impactou um remate na trave, tudo dentro de um claro dominio do local. 

Não mudou nada o desenvolvimento no segundo tempo, com um Independiente lançado em busca do segundo gol que desse a tranquilidade definitiva, ao mesmo tempo que Lara se afastava ainda mais trás a expulsão de Carrillo por dupla admoestação.

Mesmo que dominava vontade, a equipe de Avellaneda não terminava de sentenciar um jogo desigual e perdia vario gols, incluido outro chutaço de Benítez, que bateu na trave com Salazar já vencido.

Finalmente chegou o 2-0 definitivo, logo de uma boa combinação entre Gaibor e Benítez, assistente do artilheiro Gigliotti, que quase quebra o gol de Salazar com um remate de pura potência.

 

 

AFP