Cree en grande.
CONMEBOL

Jogos que prometem altas emoções no segundo dia da volta do futebol

Jogos que prometem altas emoções no segundo dia da volta do futebol

No segundo dia do regresso seguro do futebol estão programados cinco jogos que prometem emoção e muita expectativa em toda América do Sul.

-Internacional x América de Cali-

Estádio: Beira Rio, Porto Alegre

Hora: 19H15 locais (22H15 GMT)

Árbitro: Facundo Tello (ARG)

-Estatísticas-

  • América de Cali nunca perdeu em seus quatro enfrentamentos contra o Internacional na CONMEBOL Libertadores; empatou os três primeiros (dois em 1980 e um em 1993) e ganhou o último (4-2 como local em 1993).
  • Internacional perdeu apenas um dos últimos 40 jogos como local na CONMEBOL Libertadores (32V 7E); foi na volta das oitavas de final de 2011, quando caiu por 1-2 ante o Peñarol.
  • América de Cali 2-1 venceu Universidad Católica em sua última partida da CONMEBOL Libertadores; com este triunfo, cortou uma racha de 10 duelos sem vitórias (3E 7D).
  • Internacional é o time que cometeu mais faltas até o momento na atual Libertadores (37); ademais é, junto com o Grêmio, a equipe com mais expulso es (4).
  • Carlos Sierra tentou o dobro de remates que qualquer outro jogador do América de Cali na atual fase de grupos da Libertadores (6); contudo, não conseguiu anotar.

 

-Estudiantes de Mérida x Alianza Lima-

Hora: 18H15 locais (22H15 GMT).

Estádio: Metropolitano de Mérida

Árbitro: Nicolás Gallo (COL)

-Estadísticas-

  • Estudiantes de Mérida e Alianza Lima se enfrentarão pela primeira vez em competições CONMEBOL.
  • Estudiantes de Mérida ganhou quatro dos últimos seis jogos como local na CONMEBOL Libertadores (2D); todas as vitórias foram na edição 1999.
  • Alianza Lima não faz nenhum gol como visitante há nove jogos na CONMEBOL Libertadores (1E 8D); a maior racha ativa na competição.
  • José Rivas é o jogador do Estudiantes de Mérida que fintou mais rivais na atual fase de grupos da Libertadores (5); marcou o único gol da equipe até agora (versus Racing Club).
  • Oslimg Mora, do Alianza Lima, é o jogador que fintou mais rivais (9) na fase de grupos da atual CONMEBOL Libertadores.

 

-Universidad Católica x Grêmio-

Hora: 21H30 locais (00H30 GMT de quinta-feira)

Estádio: San Carlos de Apoquindo

Árbitro: Darío Herrera (ARG).

-Estatísticas-

  • Universidad Católica venceu o Grêmio em três de seus quatro enfrentamentos na CONMEBOL Libertadores; perdeu o restante, justamente no seu mais recente duelo (0-2 como visitante, em maio de 2019).
  • A última vitória do Universidad Católica como local na CONMEBOL Libertadores foi ante o Grêmio, em abril de 2019; perdeu os dois duelos seguintes que disputou, contra o Libertad e o América de Cali respectivamente.
  • Grêmio só perdeu um dos seus últimos cinco jogos como visitante na CONMEBOL Libertadores (1D); a derrota foi de 5-0 ante o Flamengo, nas Semifinais de 2019.

 

-Bolívar x Palmeiras-

Hora: 20H30 (00H30 de quinta-feira)

Estádio: Hernando Siles

Árbitro: Piero Maza (CHI)

-Estatísticas-

  • Bolívar e Palmeiras disputaram dois jogos na CONMEBOL Libertadores, nas oitavas de final da edição 1995; cada equipe ganhou seu duelo como local, porém o Palmeiras classificou por diferença de gol.
  • Bolívar perdeu apenas um dos últimos 18 jogos como local na CONMEBOL Libertadores (12V 5E); a derrota foi de 2-4 contra o Defensor Sporting, em 2019.
  • Palmeiras ganhou nove dos últimos 12 duelos como visitante na CONMEBOL Libertadores (1E 2D); nesta racha, anotou 23 gols e recebeu só seis.
  • No seu último jogo, a vitória de 2-0 sobre Tigre, Bolívar permitiu 20 tiros; seu máximo em um jogo da Libertadores desde março de 2014 (25 em uma vitória 1-0 contra León).
  • Luiz Adriano, do Palmeiras, é o máximo goleador da fase de grupos da Libertadores 2020; anotou um gol sobre Tigre e três sobre Guarani.

 

-Medellín x Caracas-

Hora: 19H30 locais (00H30 GMT de quinta-feira)

Estádio: Atanasio Girardot de Medellín. 

Árbitro: Carlos Orbe (EQU)

-Estatísticas-

  • Independiente Medellín e Caracas se enfrentarão pela primeira vez em competições CONMEBOL.
  • Independiente Medellín perdeu seus últimos três jogos na CONMEBOL Libertadores; é sua maior racha desde 1967, quando perdeu os primeiros cinco jogos que disputou na competição.
  • Será a primeira partida do Caracas contra um time da Colômbia na CONMEBOL Libertadores.
  • Caracas acumula 11 jogos sem liderar em posse de bola na Libertadores (média de 39% nesses jogos); a última vez que superou 50% foi em abril de 2013, contra Huachipato (56%).

 

 

Dados: OPTA

CONMEBOL.com