Cree en grande.
CONMEBOL

'Juanfer' Quintero, talento colombiano decisivo no River x Boca

'Juanfer' Quintero, talento colombiano decisivo no River x Boca

O colombiano Juan Fernando Quintero entrou para a história ao marcar o segundo gol do River, sendo decisivo no inesquecível superclássico, onde a equipe da faixa vermelha venceu Boca Juniors por 3-1 frente no domingo à noite, na final da CONMEBOL Libertadores 2018 disputada no Estádio Santiago Bernabéu, em Madrid.

"Somos merecedores do título", declarou eufórico Quintero para o canal Fox Sports, cobrindo-se com a bandeira colombiana.

"Boca é um time muito difícil, muito tático e com fácil mobilidade no campo quando se trata de recuperar a bola, mas sabíamos que tínhamos que lutar até o fim, e fizemos a bola rolar", expressou.

"Agora, vamos comemorar!", declarou muito emocionado e enviando uma "saudação especial para toda Colômbia".

-Um milhonário remate de esquerda-

Quintero saiu do banco aos 57 minutos, no lugar de Leonardo Ponzio, e desfazendo um intenso duelo através de um espetacular remate pelo angulo esquerdo, imparável para o goleiro Esteban Andrada.

"Procurei espaço, controlei e chutei. Ontem trabalhei na definição e saiu um belo gol, quero parabenizar meus companheiros de equipe, fizemos uma grande Copa Libertadores", afirmou Quintero sobre o gol que trouxe a vitória ao River.

O volante ofensivo, de 25 anos e membro da seleção colombiana, desembarcou no River em janeiro de 2018, emprestado pelo português Oporto e, apesar de que em várias ocasiões não ter sido titular, participou ativamente no time dirigido pelo DT  Marcelo Gallardo, com 7 gols e 6 assistências em 34 jogos.

"Os 22 jogadores devem estar prontos para entrar no campo de jogo, não importa se eu deixe o banco. Esta é uma conquista  de toda a equipe", afirmou Quintero sobre o seu trabalho como substituto.

O volante já havia chamado a atenção de Gallardo quando jogou pelo Independiente Medellín, marcando para o River um gol de pênalti na Copa Libertadores de 2017.

Também reconhecido por ser acompanhado nas redes sociais tanto por artistas e cantores de Reggaeton, Quintero passou por uma difícil infância, pois aos dois anos de idade perdeu seu pai Jaime Enrique Quintero, desaparecido em circunstâncias que nunca foram esclarecidas.

Além disso, Quintero faz parte desde maio de 2012 da seleção colombiana, convocado pelo DT argentino José Pekerman, tendo duas participações mundialista (Brasil-2014 e Rússia-2018) e um gol em cada Copa do Mundo, e um saldo global de 3 gols em 23 partidas vestindo a camisa cafetera.

 

 

 

AFP