Cree en grande.
CONMEBOL

Santa Fe e Junior duelam por representar a Colômbia na Final

Santa Fe e Junior duelam por representar a Colômbia na Final

Independiente Santa Fe e Junior começam nesta quinta-feira a luta para representar a Colômbia na final da CONMEBOL Sul-Americana-2018. Com um presente em alta, os 'cardenales' receberão os 'tiburones', que historicamente tiveram dificuldades para respirar em Bogotá.

A partida de ida das semifinais será disputada às 19:45, hora local (00h45 GMT, na sexta-feira), no estádio El Campín. O vencedor da série enfrentará o campeão da chave entre os brasileiros Atlético Paranaense e Fluminense.

- Repetir o sonho -

Santa Fe é a único time colombiano em erguer a Sul-Americana. Conquistou em 2015 com uma equipe baseada em garra e jogo direto, as mesmas características que o levaram a esta fase do torneio regional de 2018.

Agora, com um panorama de bons resultados na liga colombiana e o invicto na competição continental, buscará repetir seu maior triunfo em seu histórico esportivo.

Fora da copa local e lutando pela classificação aos playoffs do Clausura colombiano, os albirrojos apostam todas as suas cartas à Sul-Americana, onde deixaram para trás seus compatriotas Deportivo Cali nas quartas-de-final e Millionarios nas oitavas-de-final.

- Invicto Bogotá -

Santa Fe é um adversário difícil: perdeu apenas 4 vezes em 24 jogos entre a Liga e Sul-Americana. Não viu derrota desde 20 de outubro, 2-0 frente La Equidad no território "cafetero".

Para os capitalinos, disputar em seu estádio será decisivo para conseguir uma boa vantagem ante os caribenhos, que historicamente a altitude de Bogotá representa um ponto desfavorável. Ademais, não conta com perdas recentes em sua formação, pelo que seu DT terá seus onze jogadores de elite no duelo.

- Vence a irregularidade-

O Junior do colombiano-uruguaio Julio Comesaña é uma verdadeira montanha-russa. Quando está no auge, é a equipe colombiana que melhor joga; quando desmorona, pode ser derrotado e devastado, como aconteceu com o resultado de 3-1 ante Defensa y Justicia na Argentina, por pouco eliminado do torneio nas quartas-de-final.

Classificado às quartas-de-final da Liga, Junior aposta tudo para alcançar pela primeira vez a Final da CONMEBOL Sul-Americana. Até agora, sua maior conquista fora da Colômbia foi uma semifinal Libertadores em 1994.

Para fazer história, contará com seu poderoso ataque, liderado pelo experiente Teófilo Gutiérrez e pelo astuto Luis Díaz. Além disso, terá o retorno do criativo Jarlan Barrera, ausente nas quartas-de-final por sanção.

O árbitro uruguaio Esteban Ostojich irá dirigir o jogo acompanhado pelos seus compatriotas Mauricio Espinosa e Gabriel Popovits nas linhas.

Possíveis Formações:

Santa Fe: Robinson Zapata - Carlos Arboleda, Javier López, Carlos Henao, Edwin Herrera - Yeison Gordillo, Baldomero Perlaza - Luis Manuel Seijas, Diego Guastavino, Arley Rodríguez - Wilson Morelo. DT: Guillermo Sanguinetti.

Junior: Sebastián Viera - Marlon Piedrahita, Jonathan Ávila, Rafael Pérez, Gabriel Fuentes - Leonardo Pico, Víctor Cantillo, Sebastián Hernández - Jarlan Barrera - Luis Díaz e Teófilo Gutiérrez. DT: Julio Comesaña.

 

 

 

AFP