Cree en grande.
CONMEBOL

Sul-Americana 2017: Fuerza Amarilla tira primeiro passaporte internacional

×

Menssagem de erro

Notice: Undefined index: und em eval() (linha 1 de /data/www.conmebol.com/public_html/sites/all/modules/views/plugins/views_plugin_argument_default_php.inc(66) : eval()'d code).
Sul-Americana 2017: Fuerza Amarilla tira primeiro passaporte internacional

Equipe titular do Fuerza Amarilla

O time Fuerza Amarilla conseguiu uma histórica classificação a um torneio internacional, em sua primeiro ano de participação na categoria máxima do futebol equatoriano. O jovem clube disputará na próxima edição da Copa Sul-Americana.

Fuerza Amarilla conseguiu escrever uma página histórica mais, em sua curta vida institucional, conseguindo sua classificação à Copa Sul-Americana, em seu primeiro ano em estar na Série A do Equador, graças a um empate em condição de visitante com Universidad Católica.

Conhecido popularmente como ‘A Máquina Amarela’ foi fundado no dia 23 de dezembro do ano 1999, na cidade de Machala, a quarta cidade mais importante econômicamente e o segundo porto marítimo do Equador. Sua população se dedica em sua maioria à atividade agricola, industrial e portuaria, por isso é reconhecida internacionalmente como “Capital Bananera del mundo”, dai nasce outro apelido do clube, ‘A Força Bananeira’.

A primeira consagração para o clube amarelo chegou em sua quarta participação, ano 2008 no Campeonato Provincial da Segunda Categoria o Ouro, Fuerza Amarilla S.C. somou no hexagonal final 21 pontos, o que o permitiram conseguir o título de maneira brilhante e impecável, a segundo lugar foi obtido pelo Atlético Audaz que nessa temporada terminou ascendendo à Série B.

No final de 2015, Fuerza Amarilla tem a chance de chegar na Série A. Para isso, acedeu à série de privilégio, trás ficar no 2° Lugar da Tabela Acumulada e eliminar Olmedo de Riobamba, com um placar contundente e explícito de 4 a 1 em um encontro fechado sem público e consegue o desejado ascenso à Série A do Equador pela primeira vez em sua história. Jogo disputado no Estádio 9 de Maio de Machala.

Durante a temporada 2016, a equipe machalenha teve altas e baixas. Não obstante, graças a oficialização por parte da Confederação Sul-Americana de Futebol de aumentar a 4 equipes para a Copa Libertadores 2017, fez que para o Campeonato Equatoriano 2016 do 5° ao 8° lugar se classificassem à Copa Sul-Americana. 

Na última data disputada no sábado dia 10 de dezembro de 2016, consegue se classificar para a Copa Sul-Americana 2017, ao ter empatado ante Universidad Católica pelo placar de 2 gols por equipe e passando o 'Delfín' na tabela acumulada por um ponto, terminando no 8° lugar com 49 pontos e um gol diferença de -13, o que o permite virar o 1° time machaleño em participar em um torneio internacional e passaria às equipes de Aucas e Mushuc Runa para jogar na Série B.

Os classificados à Copa Sul-Americana 2017 pelo Equador são: Liga de Quito, que se colocou no quinto lugar da tabela acumulada, seguido pelo Deportivo Cuenca (6°), Universidad Católica (7°) e Fuerza Amarilla (8°).

A fortaleza Amarela

O Estádio 9 de Mayo é a casa do clube Fuerza Amarilla, está localizado na avenida 25 de Junio e Las Palmeras da cidade de Machala. Sua capacidade é para 20.000 espectadores.

Foi inaugurado no dia 9 de maio de 1955, na qual presta homenagem e tributo aos heróis da Batalla de las Carretas de Machala , ação bélica que ocorreu no dia 9 de maio de 1895 e cujo nome levou ao atual estádio ou chamar-se "Estádio 9 de Mayo" de Machala.

Quinze anos depois o Estádio 9 de Mayo foi remodelado, reconstruido e reinaugurado em 1974. Este coliseu foi uma das sedes da Copa América Equador 1993.

Em 2001 e com aparência renovada, ali foram disputados três jogos da rodada final do Campeonato Sul-Americano Sub-20 Equador 2001: entre Brasil, Colômbia, Argentina, Chile, Paraguai e Equador (país anfitrião).

O cenário esportivo também desempenha um importante papel no futebol local, já que os clubes machalenhos como o Carmen Mora de Encalada de Pasaje (provisional), Bonita Banana, Audaz Octubrino, Santos de El Guabo (provisional), Atlético Audaz, Fuerza Amarilla por citar algumas equipes.

 

 

CONMEBOL.com