Cree en grande.
CONMEBOL

A última cartada para seguir na Libertadores

A última cartada para seguir na Libertadores

Grandes desafios terão as equipes que buscam continuar na CONMEBOL Libertadores desta quarta-feira, onde vários times só tem a opção de ver a vitória para seguir no campeonato.

Boca Juniors – Alianza Lima

O bicampeão argentino Boca Juniors vai jogar sua última cartada na CONMEBOL Libertadores quando receber o peruano Alianza Lima, nesta quarta-feira, com a obrigação de vencer e esperar que o Palmeiras vença contra Junior, na sexta e última rodada do Grupo H.

O jogo será disputado nesta quarta-feira às 21:45, hora local (00H45 GMT, quinta-feira), com arbitragem do juiz paraguaio Mario Díaz De Vivar, acompanhado por seus compatriotas Rodney Aquino e Roberto Cañete.

DADOS:

Paridade total nos três jogos internacionais oficiais, com uma vitória para cada por 1 a 0 na Copa Libertadores de 1966 e empate 0-0 no dia 1º de março

Boca Juniors local

Ganhou apenas 2 dos últimos 5 em torneios Conmebol, ambos pela Copa Libertadores: Cerro Porteño 3-1 (2016) e Junior 1-0 no dia 4 de abril deste ano

Em 10 oportunidades recebeu equipes do Peru de forma oficial (7 – 1 – 2)

Alianza Lima visitante

Em torneios Conmebol acumula 12 sem vencer e não marcou gols nos últimos 6 encontros

A única vitória visitando equipes da Argentina nas 10 participações ocorreu ante Boca Juniors 1-0 no dia 10 de março de 1966 com gol de Zegarra

Árbitro – Mario Díaz de Vivar

Partidas em torneios de clubes Conmebol: 18

Jogos na Copa Libertadores: 10. Três na atual edição 2018: Nacional 1 – Chapecoense 0, Nacional 0 – Estudiantes 0 e Emelec 1 – Flamengo 2

Nunca dirigiu oficialmente Boca Juniors e Alianza Lima.

 

Palmeiras - Junior

Para fechar com chave de ouro a sua campanha na primeira fase da CONMEBOL Libertadores, o Palmeiras recebe em São Paulo, nesta quarta-feira, um Junior de Barranquilla forçado a vencer se quiser continuar no torneio.

O jogo da sexta rodada será disputado às 21:45, hora local (00H45, quinta-feira) no Allianz Parque, sob arbitragem do juiz paraguaio Enrique Cáceres, apoiado pelos compatriotas Eduardo Cardozo e Juan Zorrilla. 

DADOS:

O único antecedente é a partida que disputaram no dia 1 de março com vitória do Palmeiras 3-0 (Bruno Henrique 2, Miguel Borja) como visitante

Palmeiras local

Perdeu apenas 2 dos últimos 15 em torneios Conmebol: Tijuana 2-1 (Libertadores 2013) e Nacional 2-1 (Libertadores 2016)

Venceu as quatro vezes que recebeu equipes da Colômbia: Santa Fe 4-1 (Libertadores 1961), Deportivo Cali 2-1 e vitória por pênaltis (4-3) quando foi campeão da Copa Libertadores 1999, Atlético Nacional 3-2 (Libertadores 2006) e Millonarios 3-1 (Sul-Americana 2012)

Junior visitante

Em torneios Conmebol ganhou 2 dos últimos 10: Carabobo 1-0 (Libertadores 2017) e Alianza Lima 2-0 (Libertadores 2018)

Visitou oficialmente sete vezes equipes do Brasil (1 – 0 – 6)

A única vitória foi ante Santos 3-1 (Ronaldo – Bolívar, Valderrama 2) na Copa Libertadores 1984

Árbitro – Enrique Cáceres

Partidas em torneios de clubes Conmebol: 54

Jogos na Copa Libertadores: 37. Cinco na atual edição 2018.

Esteve presente na partida de ida no dia 1 de março. Também arbitrou 2 vezes o Palmeiras: Rosario Central 2-0 (Libertadores 2016) e Peñarol 3-2 (Libertadores 2017) e duas vezes o Junior: Chapecoense 0-3 (Sul-Americana 2016) e Carabobo 3-0 (Libertadores 2017).

 

Flamengo – Emelec

Flamengo enfrentará nesta quarta-feira o Emelec pelo Grupo D, onde uma vitória poderia garantir o seu retorno às Oitavas depois de sete anos de ausência.

O jogo iniciará às 21:45, hora local (00H45 GMT, quinta-feira) no Maracanã, sob a arbitragem do juiz peruano Diego Haro, assistido por seus compatriotas Raúl López e Víctor Raez.

DADOS:

Registram cinco enfrentamentos internacionais oficiais com vantagem do Flamengo: 4 triunfos e uma derrota

Flamengo local

Em torneios Conmebol acumula três empates consecutivos e 10 sem perder.

A última derrota foi ante Palestino 2-1 na Copa Sul-Americana 2016

Venceu as duas vezes que recebeu oficialmente equipes do Equador, com o detalhe que ambas foram ante Emelec pela Copa Libertadores: 1-0 em 2012 e 3-1 em 2014

Emelec visitante

Perdeu 1 dos últimos 5 pela Conmebol: River Plate 2-1 no dia 26 de abril

Visitou em 18 oportunidades equipes do Brasil (1 – 0 – 17)

A vitória ocorreu no dia 24 de outubro de 1996 ante Vasco da Gama 1-0 pela Copa Conmebol

Árbitro – Diego Haro

Partidas em torneios de clubes Conmebol: 24

Jogos na Copa Libertadores: 16. Seis na atual edição 2018

Dirigiu duas vezes o Flamengo: Palestino 1-2 (Sul-Americana 2016) e Universidad Católica 0-1 (Libertadores 2017) e arbitrou Emelec em uma ocasião: Pumas 2-4 (Libertadores 2016).

 

 

 

AFP

Dados: Eduardo Bolaños