Cree en grande.
CONMEBOL

Vem aí 2ª Fase com três vagas na rixa

Vem aí 2ª Fase com três vagas na rixa

Os três últimos lugares para as oitavas de final da CONMEBOL Sul-Americana serão ocupados nesta quinta-feira, na última rodada da 2ª Fase, quando se enfrentem na revanche Defensor Sporting (URU) x Fluminense (BRA), Botafogo (BRA) x Nacional (PAR) e Colón (ARG) x São Paulo (BRA).

Defensor recebe Fluminense com a obrigação de se recuperar

O uruguaio Defensor Sporting vai passar por um desafio difícil quando receba na quinta-feira, em Montevidéu, o Fluminense do Brasil na partida de volta da 2ª Fase da CONMEBOL Sul-Americana, depois de perder por 2-0 no jogo de ida.

Os 'violetas', liderados por Eduardo Acevedo, perderam no passado 03 de agosto, no Rio de Janeiro, e terão uma partida muito difícil contra o poderoso carioca 'Flu'.

O caminho é difícil: três gols sem receber nenhum é o que o Defender deverá conquistar em seu estádio Luis Franzini, se quiser avançar para as oitavas de final.

No jogo exibido no Rio de Janeiro, o Fluminense foi superior a um Defensor que teve dificuldades para passar a metade do campo. Os 'violetas' perderam passes e deram espaços que os brasileiros poderiam ter aproveitado melhor.

Apesar da disparidade, o jogo terminou com um favorável 2-0 para os dirigidos por Marcelo Oliveira e finalizado nos acréscimos com um belo gol olímpico de Junior Sornoza.

O jogo será às 21h45 locais na quarta-feira e será arbitrado pelo chileno Roberto Tobar, com a ajuda nas bandas de seus compatriotas Carlos Astroza e José Retamal.

Estatísticas

Defensor Sporting x Fluminense

O único enfrentamento oficial foi em 3 de agosto com vitória do Fluminense 2-0 com gols de Digão e Junior Sornoza (olímpico)

Defensor Sporting local

Balanço positivo na Copa Sul-Americana (9 – 4 – 3)

Leva três sem triunfos, com dois empates 0-0 na edição 2015 (Lanús, nos pênaltis) e Huracán, e a derrota contra o Liga de Quito 2-1 em 30 de maio do ano passado

Pela 10ª ocasião receberá uma equipe do Brasil em forma oficial (3 – 2 – 4)

Suas vitórias foram na Copa Libertadores: Flamengo 3-0 e Grêmio 2-0 (2007) e Cruzeiro 2-0 (2014)

Fluminense visitante

Recorde desfavorável na Copa Sul-Americana (4 – 5 – 9)

Somente ganhou um dos últimos sete: Universidad Católica de Quito 2-1 em 26 de julho de 2017

Perdeu as duas vezes que visitou equipes do Uruguai em torneios Conmebol: Nacional 2-0 (Libertadores 2011) e Liverpool 1-0 (Sul-Americana 2017)

Árbitro – Roberto Tobar

Partidas em torneios de clubes Conmebol: 27

Encontros na Copa Sul-Americana: 13. Um na atual edição: Nacional de Assunção 2 – Botafogo 1

Não dirigiu em forma oficial o Defensor Sporting nem o Fluminense.

 

Botafogo, precisando triunfo frente ao Nacional

O Botafogo, que precisa de um triunfo,  vai receber nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro, o Nacional de Paraguai, que venceu por 2-1 na ida em casa, para definir o passe para as oitavas de final da Copa Sul-Americana 2018.

A expectativa é grande para os cariocas que tem o placar em contra, e os torcedores estão respondendo em consequencia: até terça-feira foram vendidos mais de 25.000 bilhetes para o jogo que será disputado no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

A cifra constitui um recorde em 2018 para o estádio que, em média, viu cerca de 7.000 espectadores.

A partida, sem dúvida, será um teste de fogo para Zé Ricardo, o treinador que estreou no Botafogo no domingo, no Brasileirão.

A situação do Botafogo, no 10º lugar da tabela, com 22 pontos, não é crítica. No entanto, a instabilidade começa a preocupar depois que o clube estreou seu quarto técnico neste ano. Agora precisa de pelo menos dois gols para vencer e conseguir o passe para as oitavas.

Com a condição de visitante jogando contra, o Nacional terá o desafio de manter seu resultado a favor.

A 'Academia' treinou na terça-feira à tarde no gramado do Fluminense. Liderados por Celso Ayala, os paraguaios vem de bater o Deportivo Santani 3-1 no fim de semana, na 5ª rodada do Clausura paraguaio, onde estão posicionados em quinto lugar com seis pontos.

O jogo, que começa às 19h30 locais, contará com a arbitragem do argentino Patricio Lostau, assistido por seus compatriotas Diego Bonfa e Maximiliano del Yesso.

Estatísticas

Botafogo x Nacional de Assunção

Somente se enfrentaram em forma oficial na partida de ida jogada em 1 de agosto com vitória do Nacional 2-1

Botafogo local

Excelente desempenho na Copa Sul-Americana com 8 triunfos, 4 empates e somente uma derrota

Esta foi contra o Cerro Porteño 3-1 em 4 de novembro de 2009 nas quartas de final

Ganhou nas outras ocasiões em que recebeu equipes do Paraguai pela Conmebol: Cerro Porteño 2-0 (Libertadores 1973) e Olimpia 1-0 (Libertadores 2017)

Nacional de Assunção visitante

Disputou 11 partidas na Copa Sul-Americana (2 – 5 – 4)

Seus triunfos: Universidad de Concepción 3-1 (2015) e Estudiantes 1-0 (2017)

Não ganhou nas quatro apresentações no Brasil em competições Conmebol: São Paulo 0-3 (Libertadores 2010), Corinthians 0-2 (Libertadores 2012), Atlético Mineiro 1-1 (Libertadores 2014) e Cruzeiro 1-2 (Sul-Americana 2017)

Árbitro – Patricio Loustau

Partidas em torneios de clubes Conmebol: 41

Encontros na Copa Sul-Americana: 15. Um na atual edição: General Díaz 2 – Barcelona 1

Dirigiu o Botafogo duas vezes, ambas na Libertadores 2017: Colo Colo 1-1 e Grêmio 0-1 e em uma ocasião o Nacional: Atlético Mineiro 2-2 (Libertadores 2014).

 

Colón busca coroar a surpresa contra o poderoso São Paulo

O argentino Colón de Santa Fe vai tentar completar uma das grandes surpresas da CONMEBOL Sul-Americana 2018, quando receba na quinta-feira o brasileiro São Paulo, forçado a ganhar como visitante para reverter uma série que se tornou difícil para o time.

O time 'sabalero' tomou uma apreciável vantagem ao vencer por 1-0 no enorme Morumbi há duas semanas, em um duelo em que os rivais resistiram o domínio paulista, e acertaram com um gol do volante Matías Fritzler aos 80 minutos.

A vitória histórica em São Paulo desencadeou uma forte expectativa em Santa Fé, e se espera mais de 35.000 pessoas para assistir o revanche no 'Cemitério dos Elefantes', como é conhecido o estádio de Colón, porque décadas atrás neste estádio perderam grandes equipes como o Santos, do Pelé, que deixou um longo invicto neste lugar.

Do seu lado, o São Paulo precisa vencer por dois gols para virar a chave, ou por uma diferença de um, se marcar um ou mais gols.

O jogo começará na quinta-feira às 21h45 locais e será liderado pelo paraguaio Mario Díaz de Vivar, que substituiu no último minuto o lesionado Enrique Cáceres.

Estatísticas

Colón x São Paulo

A vitória do Colón 1-0 no último 3 de agosto foi o único enfrentamento internacional oficial

Colón local

Disputou 5 partidas na Copa Sul-Americana (3 – 1 – 1)

A única derrota foi contra o Cerro Porteño 2-1 em 27 de setembro de 2012

Pela primeira vez receberá uma equipe do Brasil em forma oficial

São Paulo visitante

Registra 27 encontros na Copa Sul-Americana (6 – 11 – 10)

Ganhou dois dos últimos 10: Universidad Católica 4-3 (2013) e Huachipato 3-2 (2014)

Em torneios Conmebol visitou em 30 ocasiões equipes argentinas (2 – 8 – 20)

Seus triunfos: Boca Juniors 3-2 (Supercopa 1995) e River Plate 3-2 (Libertadores 2005)

 

 

 

Estatísticas: Eduardo Bolaños