NOTICIAS DESTACADAS

¡Empezó en Córdoba la Fiesta Sudamericana!
¡Empezó en Córdoba la Fiesta Sudamericana!
CONMEBOL realizó el Seminario ‘Desarrollo de tu propia Metodología’
CONMEBOL realizó el Seminario ‘Desarrollo de tu propia Metodología’
Los clasificados a Semifinales de la CONMEBOL Libertadores Futsal 2022
Los clasificados a Semifinales de la CONMEBOL Libertadores Futsal 2022

10ª jornada: uma nova chance para erguer a cabeça ou ficar na tentativa

eliminatorias-9-sep-es-750px

Nesta quinta-feira fechamos a 10ª Jornada das Eliminatórias Sul-Americanas, uma nova oportunidade para as seleções determinarem seus rumos ou ficarem no caminho na tentativa de participar da Copa do Mundo Qatar-2022.

 

Colômbia x Chile

A seleção da Colômbia fecha esta tripla jornada recebendo o Chile na cálida Barranquilla.

A equipe comandada pelo professor Reinaldo Rueda acumulou 2 pontos de 6 possíveis, após seu duplo empate como visitante contra a Bolívia e Paraguai, respectivamente.

Não mudou muito seu panorama na tabela e está situado no quinto lugar com 10 pontos, a 4 do Chile que está posicionado no oitavo degrau.

‘La Roja’ encontra-se comprometida: perdeu do Brasil e empatou com o Equador; estando obrigado a triunfar para voltar à briga pela classificação.

 – Dados –

Estádio: Metropolitano (Barranquilla)

Hora: 18:00 horário local

Árbitro: Andrés Cunha (URU)

VAR: Rafael Traci (BRA)

– Antecedentes –

  • Chile não perdeu da Colômbia em nenhum dos últimos 7 jogos entre todas as competições (1V 6E), porém, ao mesmo tempo, há 4 jogos não consegue vencê-lo (4E).
  • Colômbia não perdeu seus últimos 5 confrontos contando todas as competições (1V 4E). Ao mesmo tempo ganhou só uma de suas cinco atuações como local nas Eliminatórias CONMEBOL (2E 2D), com dois jogos consecutivos sem vitórias (1E 1D): não chega a três sem vitórias em casa desde o período de outubro de 2009 a novembro de 2011 (1E 2D).
  • Chile retornou com pontos nas últimas 4 vezes que visitou a Colômbia nas Eliminatórias Sul-Americanas (1V 3E), após perder seus primeiros 3 enfrentamentos em terreno ‘cafeteiro’. Não perde desde novembro de 2001 (3-1, Eliminatórias Coreia-Japão).
  • Colômbia é a seleção com mais infrações cometidas (132, junto com Peru) e mais faltas recebidas (128) nas atuais Eliminatórias Sul-Americanas.
  • Charles Aranguiz, do Chile, é o jogador com mais chances criadas nestas Eliminatórias Sul-Americanas: 17 de seus passes terminaram uma finalização, e dois desses deram assistência para gols de seus companheiros.

 

Uruguai x Equador

Ambos em lugares de classificação, Uruguai e Equador animarão nesta quinta-feira um divertido confronto na 10ª jornada das Eliminatórias Sul-Americanas.

A seleção ‘charrua’ teve um bom andar nas anteriores duas jornadas, conseguindo um valioso empate com o Peru como visitante e derrotando a Bolívia como local. Atualmente está localizada no quarto lugar com 12 unidades.

Equador, por outro lado, acumulou 4 pontos de 6 possíveis após vencer o Paraguai e empatar com o Chile em sua fortaleza. Respira com tranquilidade na zona de classificação no terceiro lugar, com 13 pontos.

Por mais que seu panorama seja bom, ambas as equipes sabem que um tropeço pode ser letal e poderiam perder suas posições de privilégio.

– Dados –

Estádio: Campeón del Siglo (Montevidéu)

Hora: 19:30 horário local

Árbitro: Anderson Daronco (BRA)

VAR: Rodolpho Toski (BRA)

– Antecedentes –

  • São 17 os jogos que o Uruguai recebeu o Equador em todas as competições: os ‘charruas’ nunca perderam da ‘Tricolor’ (12V 5E). É o segundo invicto mais longo da ‘Celeste’ como local contra qualquer rival em todos os torneios atrás dos 29 sem perder do Chile (22V 7E).
  • Uruguai está em uma racha de 30 partidas sem perder como local nas Eliminatórias Sul-Americanas contra qualquer seleção que não seja do Brasil ou da Argentina (21V 9E). O último em vencê-lo como visitante foi Peru nas eliminatórias rumo à África do Sul em 2006 (1-3).
  • Será o quarto jogo como visitante nas Eliminatórias Sul-Americanas desde que Gustavo Alfaro é o técnico do Equador (1V 2D). Só ganhou da Bolívia (3-2) e perdeu os dois restantes sem marcar gols. Essa vitória foi a única da ‘Tri’ em seus últimos 10 jogos fora de casa na competição (1V 1E 8D).
  • Uruguai é a equipe que fez mais gols de pênalti (5) nas atuais Eliminatórias. Também é a seleção que teve mais faltas cobradas a favor dentro da área (5, 100% de eficácia).
  • Nenhuma equipe das atuais Eliminatórias Sul-Americanas marcou tantos gols nos últimos 15 minutos que Equador (6).

 

Paraguai x Venezuela

Venezuela terá que enfrentar uma difícil situação, onde terá uma oportunidade de recuperação contra o Paraguai, outra seleção que precisa imperiosamente de um triunfo nesta décima jornada.

A Vinhotinto sabe que as chances estão acabando e terá que apostar todas as suas fichas nesta quinta-feira quando confrontar o Paraguai.

Venezuela perdeu da Argentina como local e teve outro tropeço contra o Peru como visitante nestas duas últimas jornadas. Soma 4 unidades e está no fundo da tabela.

O panorama paraguaio é complicado; não obstante, um triunfo pode significar um ponto de inflexão para recuperar posições.

A ‘Albirroja’, liderada por Eduardo Berizzo, não foi capaz de conseguir vitórias consecutivas. Somou só 1 ponto dos últimos 6 possíveis, perdendo do Equador e empatando com a Colômbia em Assunção, onde não conseguiu vencer até agora nas atuais Eliminatórias.

– Dados –

Estádio: Defensores del Chaco (Assunção)

Hora: 19:30 horário local

Árbitro: Roberto Tobar (CHI)

VAR: Piero Maza (CHI)

– Antecedentes –

  • Venezuela derrotou o Paraguai sem receber gols nas últimas duas vezes que o visitou nas Eliminatórias. Se a Vinhotinto vencer, será a primeira vez que consegue ganhar três partidas consecutivas como visitante contra qualquer rival no torneio.
  • Paraguai tentará cortar duas rachas negativas que são suas piores na história do torneio: não venceu nenhum dos seus últimos 6 jogos das Eliminatórias Sul-Americanas (4E 2D) e não conseguiu vencer seus anteriores 6 encontros como local na competição (3E 3D).
  • Venezuela só pôde celebrar 1 dos seus últimos 8 jogos nas Eliminatórias Sul-Americanas (1V 1E 6D).
  • O paraguaio Gustavo Gómez lidera dois indicadores defensivos nas atuais Eliminatórias Sul-Americanas: é o jogador com mais duelos aéreos vencidos (23) e com mais defesas de finalizações (10).
  • Venezuela é a seleção que mais minutos precisa para marcar um gol (180) e com a relação de gols-finalizações mais baixa (4,9%, 4 gols em 81 finalizações) entre os competidores destas Eliminatórias Sul-Americanas.

 

Argentina x Bolívia

Na Argentina tudo é festa. Vigente campeão da América, invicto nas Eliminatórias e com 15 pontos na classificação, receberá a Bolívia, uma seleção que tem a grande missão de fazer história.

A ‘Albiceleste’ chega a este encontro após vencer a Venezuela como visitante e espera a definição da FIFA sobre o encontro suspenso contra o Brasil.

Pela primeira vez jogará com seu público após coroar-se campeão da CONMEBOL Copa América e na frente terá a Bolívia, que só conseguiu acumular 1 pontos nestas últimas duas jornadas, empatando com a Colômbia e perdendo do Uruguai.

– Dados –

Estádio: Antonio Vespucio Liberti (Buenos Aires)

Hora: 20:30 horário local

Árbitro: Kevin Ortega (PER)

VAR: Victor Hugo Carrillo (PER)

– Antecedentes –

  • Argentina nunca perdeu da Bolívia jogando como local em 15 duelos entre todas as competições (13V 2E). Nos últimos 7 encontros contra esse rival só recebeu 2 gols e esses encontros terminaram em empate (5V 2E).
  • Argentina está em uma racha de 11 jogos sem perder nas Eliminatórias Sul-Americanas (5V 6E), sendo sua racha mais longa desde os 13 encontros sem derrotas entre novembro de 2011 e outubro de 2013 (8V 5E).
  • No Século XXI, Bolívia só conseguiu ganhar 4 partidas como visitante de 88 totais (4V 21E 63D). Todos foram em amistosos e só 1 foi contra uma seleção da CONMEBOL: Venezuela, África do Sul, Nicarágua e Myanmar.
  • Lionel Messi, da Argentina, é o jogador com mais recuperações em campo rival nestas Eliminatórias Sul-Americanas: conseguiu 25 recuperações em terreno contrário.
  • Marcelo Moreno Martins, da Bolívia, é o máximo artilheiro das Eliminatórias Sul-Americanas: o atacante realizou 8 gols no caminho à Copa do Mundo Qatar-2022. Precisou de 11 chutes a gol para marcá-los, um a menos que Neymar, do Brasil.

 

Brasil x Peru

Líder absoluto e invicto, Brasil recebe o Peru na décima jornada das Eliminatórias Sul-Americanas.

Com um triunfo sobre o Chile e após a suspensão do superclássico contra a Argentina – à espera da resposta da FIFA-, a Verde-Amarela lidera sozinha com 21 pontos no topo da tabela.

A realidade peruana é diferente, está no sétimo lugar com 8 pontos, porém chega motivado ao encontro após empatar com o Uruguai e triunfar contra a Venezuela.

– Dados –

Estádio: Arena Pernambuco (Recife)

Hora: 21:30 horário local

Árbitro: Wilmar Roldán (COL)

VAR: Eseban Ostojich (URU)

– Antecedentes –

  • Será o 13° jogo entre Brasil e Peru nas Eliminatórias Sul-Americanas: Brasil nunca perdeu dos ‘incaicos’ em classificações mundialistas (8V 4E).
  • Brasil nunca perdeu como local nas Eliminatórias Sul-Americanas em 57 partidas disputadas (45V 12E). Está em racha de 8 jogos sem receber gols em casa: se não sofrer gols será a primeira seleção na história com um ‘streak’ de 9 jogos como local com o arco intacto na história da competição (8V).
  • Sem contemplar a Argentina, Peru é a última equipe que conseguiu marcar um gol no Brasil em todas as competições: foi quando ganhou por 1-0 no dia 18 de setembro de 2019, em um amistoso disputado em Los Ángeles, Estados Unidos.
  • Neymar é o jogador com mais participações de gols nas atuais Eliminatórias Sul-Americanas (9): o brasileiro fez 5 gols e deu assistência para 4, sendo também o jogador com mais assistências na competição.
  • Peru não sofreu gols em nenhuma das partidas nos primeiros 15 minutos de jogo: junto com a Argentina, são as únicas seleções das atuais Eliminatórias Sul-Americanas que não sofreram gols nesse tempo dos encontros.

 

 

 

CONMEBOL.com – OPTA

Últimas Noticias