NOTICIAS DESTACADAS

“Diego inmortal”, el grito desde el CONMEBOL Tree Of Dreams a dos años de su partida
“Diego inmortal”, el grito desde el CONMEBOL Tree Of Dreams a dos años de su partida
Ecuador quiere seguir haciendo historia en la Copa Mundial – Catar 2022  
Ecuador quiere seguir haciendo historia en la Copa Mundial – Catar 2022  
Con un encendido Richarlison, Brasil consigue su primer triunfo
Con un encendido Richarlison, Brasil consigue su primer triunfo

Faltando 50 dias para o Mundial: Equador quer fazer história

  • Equador foi a grande revelação no processo sul-americano de classificação para a Copa do Mundo da FIFA.

  • A ‘Tri’, 44ª no Ranking Mundial da FIFA, será protagonista do jogo de abertura contra a seleção anfitriã no domingo 20 de novembro.

Como está chegando

Com 7 triunfos, 5 empates e 6 derrotas, Equador ficou com o último boleto de classificação direta para a Copa do Mundo nas Eliminatórias Sul-Americanas. Sob a direção do argentino Gustavo Alfaro, a ‘Tri’ teve um grande rendimento e eliminou seleções de peso como Colômbia (6-1 como local) e Chile (2-0 como visitante em um encontro fundamental na 14ª Jornada).

Os craques

O conjunto equatoriano está conformado por uma grande quantidade de jogadores jovens que, pouco a pouco, vão entrando nas ligas mais importantes do mundo. Piero Hincapié desde que chegou no Bayer Leverkusen (Bundesliga) se transformou em um pilar da defesa, com apenas 20 anos. 

Moisés Caicedo, meio-campista de 20 anos nascido em Santo Domingo, faz parte do Brighton (Premier League) e já sabe o que é marcar contra um gigante como Manchester United. Por outro lado, Pervis Estupiñán, 24 anos, também foi transferido ao Brighton após um ótimo rendimento como lateral esquerdo do Villarreal (La Liga). 

Outro jovem talento é Gonzalo Plata, atacante de 21 anos nascido em Guaiaquil, que hoje em dia forma parte do Valladolid (La Liga). Nas Eliminatórias Sul-Americanas anotou 3 gols e fez 3 assistências em 16 encontros disputados.

O técnico

Gustavo Alfaro foi peça-chave na classificação do Equador no Mundial. O treinador argentino renovou a equipe e, com um jogo direto e pragmático, transformou-a em uma das melhores do continente. Será sua primeira Copa do Mundo da FIFA como diretor técnico, mas já sabe o que é estar em grandes competições. Foi técnico do Boca Juniors em 2019, onde conquistou um título e chegou às Semifinais da CONMEBOL Libertadores.

Após a façanha com a ‘Tri’, Alfaro apresentou seu livro sobre o processo de classificação para o Catar 2022: Cazadores de utopías imposibles. Equador e Alfaro irão em busca de mais no Grupo A da Copa do Mundo.

A história

Equador disputará seu quarto mundial. A primeira classificação chegou na Coreia-Japão 2002, onde venceu uma partida na Fase de Grupos: 1-0 sobre a Croácia com gol de Edison Méndez. 

A ‘Tri’ também esteve presente na Alemanha 2006. Classificou para as Oitavas de Final, onde perdeu da Inglaterra 1-0, com anotação de David Beckham. 

A última participação mundialista foi em solo sul-americano. No Brasil 2014, ganhou de Honduras 2-1 com dois gols de Enner Valencia, mas não foi suficiente para classificar à seguinte rodada.

Os adversários do Equador no Catar 2022

A seleção dirigida por Gustavo Alfaro formará parte do Grupo A. Caso classificar para a seguinte rodada, enfrentará nas Oitavas de Final uma equipe do Grupo B (Inglaterra, Irã, Estados Unidos e Gales). Seus rivais na Fase de Grupos são:

  • Catar (jogo de abertura). 20 de novembro, 19.00 (GMT+3), no Al Bayt Stadium.

  • Holanda. 25 de novembro, 19.00 (GMT+3), no Estádio Internacional de Khalifa.

  • Senegal. 29 de novembro, 18.00 (GMT+3), no Estádio Internacional de Khalifa.

CONMEBOL.com/OPTA

Fotos: Arquivo/AFP/FEF

Últimas Noticias