NOTICIA DESTACADA

Los números y estadísticas previas al inicio de la CONMEBOL Copa América Femenina 2022
Los números y estadísticas previas al inicio de la CONMEBOL Copa América Femenina 2022
Sustitución de árbitro VAR en partido Unión vs. Nacional
Sustitución de árbitro VAR en partido Unión vs. Nacional
Designación de árbitros para los desquites de los Octavos de Final – CONMEBOL Sudamericana
Designación de árbitros para los desquites de los Octavos de Final – CONMEBOL Sudamericana

Atlético Mineiro ganha do River Plate por 1 a 0

nuevo_proyecto_81

O Atlético Mineiro do Brasil derrotou o River Plate argentino por 1-0 (0-0) em um divertido jogo de ida das quartas de final da CONMEBOL Libertadores 2021 no estádio Monumental de Buenos Aires, na quarta-feira.

Ignacio Fernandez (58′), com um River past, marcou o gol do triunfo para o ‘Galo’, que terminou a partida com dez jogadores justamente por causa da expulsão do ‘Nacho’ (83′).

Uma segunda metade desigual foi o fator decisivo no destino do River, e eles terão que virar o empate contra um time brasileiro cada vez mais competitivo.

A revanche será disputada na quarta-feira 18 de agosto em Belo Horizonte, e o vencedor enfrentará o vencedor do duelo brasileiro entre São Paulo e Palmeiras nas semifinais.

 

– Números da partida –

  • O Atlético Mineiro inclinou o histórico contra o River em competições CONMEBOL (2V 1D). É a primeira vez que derrota o Millonario como visitante.

  • Na era de Marcelo Gallardo, o River nunca venceu uma equipe brasileira jogando no Monumental pela CONMEBOL Libertadores. Esta foi a oitava partida e nunca pôde comemorar uma vitória (4E 4D).

  • O Atlético Mineiro ficou invicto em dez jogos da CONMEBOL Libertadores (6V 4E) e cinco consecutivos sem sofrer gols: em ambos os casos, suas rachas mais longas na competição.

  • O River rematou 16 vezes contra o Atlético Mineiro, mas não converteu nenhum gol. É o quinto jogo da era Marcelo Gallardo pela CONMEBOL Libertadores que chuta mais de 15 vezes e não converte.

  • Nacho’ Fernández marcou um gol e foi expulso: é a primeira vez que ele marcou e recebeu um cartão vermelho na CONMEBOL Libertadores. Também rematou três vezes, sendo um dos jogadores que mais remata no time.

     

 

 

 

AFP / OPTA

Ultimas Noticias