NOTICIA DESTACADA

Equipos históricos buscan su lugar en cuartos de la CONMEBOL Sudamericana
Equipos históricos buscan su lugar en cuartos de la CONMEBOL Sudamericana
Semana de definiciones en los Octavos de Final
Semana de definiciones en los Octavos de Final
Los números y estadísticas previas al inicio de la CONMEBOL Copa América Femenina 2022
Los números y estadísticas previas al inicio de la CONMEBOL Copa América Femenina 2022

CONMEBOL, nunca uma instituição esportiva conseguiu recuperar tanto dinheiro

nuevo_proyecto_-_2021-08-27t140202
  • USD 130 milhões aproximadamente a CONMEBOL conseguiu recuperar. Esse dinheiro tinha sido desviado de forma ilegal por ex-dirigentes da instituição.
  • A recuperação dos fundos apropriados de forma irregular foi uma ação sustentada desde 2016, quando Alejandro Domínguez assumiu a presidência.

 

Um grande triunfo contra a corrupção! Na terça, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos ordenou a devolução de USD 71 milhões à CONMEBOL, dinheiro que foi recuperado de um esquema criminoso subjacente à investigação FIFAgate.

Trata-se da recuperação mais elevada conquistada pela Confederação, graças à dedicação e eficaz estratégia legal impulsionada pela Direção Jurídica da instituição, sob a liderança de Monserrat Jiménez, e o admirável trabalho de Ben O’Neil do escritório jurídico Quinn Emanuel, dos EUA.

Além dos fundos remetidos pelo Departamento de Justiça dos Estados Unidos, a CONMEBOL já recuperou montantes similares através de tribunais suíços e dos herdeiros de Nicolás Leoz, dos quais obteve um pouco mais  de USD 16 milhões.

Em 2020, atendendo a queixa impulsionada por parte da CONMEBOL, a Promotoria dos EUA dispôs a restituição de um valor superior a USD 550.000 e a Promotoria da Suíça ordenou a devolução de USD 38 milhões de contas abertas por Leoz e Deluca de forma particular.

Sobre este último, este ano ganhou mais uma vez a batalha com a restituição de USD 1.749.625, somando assim -entre as contas de ambos os ex-dirigentes- mais de USD 56 milhões, aos que hoy se unem os USD 71 milhões, totalizando um valor próximo aos USD 130 milhões.

Estes fundos que se devolvem à CONMEBOL serão utilizados para apoiar projetos relacionados ao desenvolvimento do futebol sul-americano.

O ponto de partida deste processo é a realização de auditorias forenses, aplicação de uma eficiente estratégia jurídica e total cooperação com a Justiça da Suíça e dos Estados Unidos.

Graças a este destacado trabalho de transparência da atual administração, a CONMEBOL deixou de ser considerada pela justiça norteamericana como um ente infrator da lei e passou a ser considerada como uma organização vítima de fraudes e diversas ações ilícitas.

Desta forma, a CONMEBOL ratifica o compromisso com a transparência, as regras claras e o reinvestimento, fato que motiva a seguir recuperando o que pertence à família do futebol sul-americano.

 

 

 

 

CONMEBOL.com

Ultimas Noticias