NOTICIA DESTACADA

Los números y estadísticas previas al inicio de la CONMEBOL Copa América Femenina 2022
Los números y estadísticas previas al inicio de la CONMEBOL Copa América Femenina 2022
Sustitución de árbitro VAR en partido Unión vs. Nacional
Sustitución de árbitro VAR en partido Unión vs. Nacional
Designación de árbitros para los desquites de los Octavos de Final – CONMEBOL Sudamericana
Designación de árbitros para los desquites de los Octavos de Final – CONMEBOL Sudamericana

Direção de Ética e Conformidade apresenta resultados de gestão para continuar Acreditando Sempre

microsoftteams-image_152
  • Com a finalidade de continuar impulsionando a profissionalização e a transformação do futebol sul-americano, a Direção de Ética e Conformidade da CONMEBOL apresentou seus resultados de gestão correspondentes aos primeiros semestres de 2020 e 2021.

A CONMEBOL mantém constante seus esforços investidos em alcançar não só os padrões de excelência e fair play, mas também a geração de novos recursos e entradas, que são destinados ao desenvolvimento integral do futebol sul-americano. Isso apresenta-se evidente no Relatório Executivo Semestral correspondente aos primeiros semestres dos anos 2020 e 2021.

Entre os objetivos globais da matriz do futebol sul-americano, alinhados à estratégia 2018-2020, destaca-se a intenção de liderar a transformação cultural da instituição e de seus clubes de futebol, com regras claras dentro do programa de conformidade da CONMEBOL. Isto através da compreensão dos 3 pilares fundamentais que apontam à necessidade de reinvestir no futebol com regras claras, apostando no desenvolvimento de uma instituição líder.

Esta clareza de intenções permitiu alcançar conquistas no primeiro semestre do ano, tais como a adaptação e aprovação de um regulamento sobre medidas em face à COVID-19, a gestão de um canal de denúncias de irregularidades e o gerenciamento e apoio no processo de exames de integridade para a Subcomissão de Controle.

Em termos de desenvolvimento de boas práticas para programas anticorrupção, destaca-se a implementação de treinamento e-learning sobre temas como políticas de confidencialidade, conflito de interesses, código de ética, política anticorrupção e análise de risco, juntamente com a apresentação de um manual sobre a prevenção de lavagem de dinheiro.

– Legitimidade e crédito institucional –

Em termos de verificação de processos e responsabilidades, foram feitos 792 pagamentos no primeiro semestre de 2021, em comparação com os 758 pagamentos realizados no mesmo período do ano anterior. Este reinvestimento no futebol é fundamental para o fortalecimento das instituições membro que se beneficiam em base a uma política de distribuição com regras claras para todos.

Outrossim, a verificação de processos e responsabilidades, no contexto da revisão e controle de projetos em conjunto com a área de desenvolvimento, resultou em um total de 28 verificações de projetos em 2021 no valor de USD 2.247.309. No período de 2020, estas verificações atingiram 65 projetos no valor de USD 14.334.053.

O primeiro semestre de 2021 foi crucial para a busca de novos objetivos globais visando a transparência e o cumprimento do devido processo na aquisição de bens e serviços, a gestão de denúncias externas e sua remissão à Comissão de Ética e o redirecionamento de investigações internas à comissão disciplinar para sua gestão correspondente.

Entre os marcos fundamentais deste período destacam a aprovação de um regulamento de governança e monitoramento junto com a implementação de uma plataforma de firma digital. Além disso, no contexto da pandemia, a coordenação e o apoio logístico do processo de vacinação contra a COVID-19 e o processo de certificação ISO 37001 foram alcançados.

Quanto ao desenvolvimento de boas práticas para programas anticorrupção, os canais e-learning foram mantidos, atingindo um total de 135 agentes treinados em políticas de comunicação corporativa, confidencialidade, antidiscriminação e assédio, entre outros tópicos.

A adequação de alinhamento e normativas também possibilitou a revisão de 21 análises de cadernos de bases e condições e a colaboração no concurso de aquisição de bens e serviços. Além disso, foram realizados trabalhos de adaptação dos regulamentos sobre a COVID-19, juntamente com a revisão e atualização de políticas e procedimentos.

Pelo lado da devida diligência, foi possibilitada a interação com a Secretaria de Prevenção de Lavagem de Dinheiro (SEPRELAD), bancos, clientes e provedores. Esta adequação legal chegou a 498 árbitros, 17 delegados de jogo, 23 oficiais de segurança, 31 oficiais de mídia e 18 instrutores de desenvolvimento.

Finalmente, no âmbito da CONMEBOL Copa América 2021, os provedores e clientes foram verificados e autorizados, e os regulamentos e procedimentos foram revisados.

Desta forma, a CONMEBOL está comprometida com a integridade no futebol sul-americano, buscando transparência e fair play, com o apoio de regras claras que promovam o comportamento ético e a esportividade.

Ultimas Noticias