NOTICIAS DESTACADAS

Para el 2023, la CONMEBOL dispone sustancial aumento de los pagos en sus competiciones
Para el 2023, la CONMEBOL dispone sustancial aumento de los pagos en sus competiciones
Pelé y Maradona: el eterno reencuentro de los astros del fútbol mundial
Pelé y Maradona: el eterno reencuentro de los astros del fútbol mundial
Un homenaje especial para el ‘Rey’ Pelé
Un homenaje especial para el ‘Rey’ Pelé

Guaiaquil se veste de vermelho e preto em duelo de gigantes brasileiros

  • A Final será disputada neste sábado 29 de outubro, às 15:00h (horário local), no Isidro Romero Carbo da cidade de Guayaquil – Equador.
  • Flamengo buscará seu terceiro título, enquanto o Paranaense procurará sua primeira estrela na CONMEBOL Libertadores.

Os brasileiros Flamengo e Athletico Paranaense irão em busca da Glória Eterna neste sábado 29 de outubro. Ambos os elencos duelarão em uma partida vermelha e preta que paralisará o continente e que será disputada na cidade de Guayaquil.

Por um lado, Flamengo, bicampeão da CONMEBOL Libertadores (1981 -2019), busca sua terceira conquista, após perder a oportunidade em 2021, com a derrota na Final contra o Palmeiras.

E por outro, o bicampeão da CONMEBOL Sudamericana, Athletico Paranaense (2018 -2021), que volta à definição da CONMEBOL Libertadores após 17 anos de espera, após perder do São Paulo em 2005.

Flamengo, sob a liderança de Dorival Júnior, chega ao duelo definitivo após superar as Semifinais contra o Vélez Sarsfield argentino com relativa tranquilidade: placar global de 6-1. É um dos mais regulares do torneio, já que em 12 jogos não perdeu 11 e só empatou uma vez.

A principal carta de gol do Mengão em Guayaquil é Pedro, máximo artilheiro com 12 e que anotou 4 gols nas semis contra o Vélez Sarsfield.

Enquanto o Paranaense, dirigido tecnicamente pelo histórico Luis Felipe Scolari ‘Felipão’, único sul-americano em conquistar a Copa do Mundo (Brasil -2002) e a CONMEBOL Libertadores como treinador (Grêmio 1995 e Palmeiras 1999), e chega ao último capítulo após superar o vigente campeão nas Semifinais, com um global de 3-2.

As fichas goleadoras do Furacão são: Pablo com 3, David Terans, Christhian e Vitor Roque com 2. A equipe de Curitiba busca sua primeira glória na CONMEBOL Libertadores.

-Dados-

C.R. Flamengo (BRA) x Athletico Paranaense (BRA)

Estádio: Isidro Romero Carbo (Guayaquil – Equador)

Horário local: 15:00h – (20:00h GMT)

Árbitro: Patricio Lostau (ARG).

Árbitro Assistente 1: Diego Bonfá (ARG).

Árbitro Assistente 2: Ezequiel Brailovsky (ARG).

VAR: Mauro Vigliano (ARG).

Onde ver?

  • CONMEBOL TV
  • Sbt, Fox Sports, ESPN, Beinsports.
  • Facebook Watch.

-Estatísticas-

  • É a terceira Final consecutiva entre equipes brasileiras na CONMEBOL Libertadores. Antes de 2020, apenas 3 das outras 59 Finais do torneio tinham sido entre equipes do mesmo país: 2 vezes entre brasileiros (2005 e 2006) e uma entre argentinos (2018).
  • Flamengo e Athletico Paranaense se enfrentaram só duas vezes em competições CONMEBOL. A primeira foi na segunda rodada da Sudamericana em 2011, com duas vitórias da equipe do Rio de Janeiro. A segunda foi na Fase de Grupos da Libertadores em 2017, com uma vitória para cada um.
  • Flamengo é o único time em vencer todas as suas partidas entre Oitavas de Final e Semifinais de uma mesma edição da CONMEBOL Libertadores. Conseguiu em duas ocasiões consecutivas: 2021 e 2022.
  • Athletico Paranaense é o 22º time em disputar múltiplas Finais da CONMEBOL Libertadores na história. Entre as outras 21 equipes, somente 5 delas não conquistaram o título do torneio: Barcelona, Newell’s, Cobreloa, Deportivo Cali e América de Cali.
  • Pedro anotou 9 gols nas fases eliminatórias da CONMEBOL Libertadores 2022. É o máximo entre todos os jogadores da fase final do torneio sob o formato que contempla as Oitavas de Final (desde 1989).
  • Felipão disputará sua quarta Final da CONMEBOL Libertadores. O brasileiro empatará com Luis Cubilla e Roberto Scarone como os segundos treinadores com mais Finais na história do torneio, só atrás de Carlos Bianchi (5). Scolari obteve o título em duas de suas três Finais anteriores.

CONMEBOL.com/Com informação da OPTA.

Ultimas Noticias