NOTICIA DESTACADA

Partidos y antecedentes de la sexta fecha de la Fase de Grupos de la CONMEBOL Sudamericana
Partidos y antecedentes de la sexta fecha de la Fase de Grupos de la CONMEBOL Sudamericana
Partidos y antecedentes de la última fecha de la Fase de Grupos
Partidos y antecedentes de la última fecha de la Fase de Grupos
Chile y Venezuela cantan victoria en la tercera fecha
Chile y Venezuela cantan victoria en la tercera fecha

Independiente Santa Fe é o primeiro classificado à final da CONMEBOL Libertadores Feminina

nuevo_proyecto_-_2021-11-15t205241

Com uma impressionante atuação da goleira Katherine Tapia, as colombianas do Independiente Santa Fe venceram as brasileiras do Ferroviária por 4-2 nesta segunda-feira em uma emocionante fase de pênaltis e classificaram para a final da CONMEBOL Libertadores Feminina 2021.

Desta forma, após empatar 1-1 nos 90’ e perder nos pênaltis, as atuais campeãs do certame se despediram da possibilidade de erguer o troféu pelo segundo ano consecutivo.

Perto do final do primeiro tempo, quando sua equipe não estava muito bem, Gisela Robledo anotou o primeiro gol das colombianas mediante a execução no ponto branco que encaixou do lado da trave direita e deixou a goleira brasileira sem chance.

Assim, as ‘Leonas’ foram ao descanso ganhando por 1-0, resultado que puderam ampliar se não fosse pelas defesas de Luciana Dionozio.

Faltando 15 minutos para o final do jogo, Mineira empatou o placar com um potente livre direto que deixou Tapia sem opções.

O empate final levou o jogo aos pênaltis, instância já conhecida pelas goleiras do Santa Fe, que se classificaram para as semifinais por esse meio.

Ali, as colombianas foram infalíveis. Com ótimas finalizações, Fany Gauto, Liana Salazar, Robledo e Diana Celis anotaram 100 % dos disparos executados pela sua equipe.

Do outro lado, Mineira e Daiana também marcaram, porém Tapia parou os disparos de Monalisa e Raquel, terminando com a vitória do Independiente Santa Fe por 4-2.

Com este triunfo, o conjunto dirigido por Albeiro Erazo selou sua passagem a Montevidéu, onde disputará a final no dia 21 de novembro contra um rival que conhecerá nesta terça-feira, após o confronto entre o Corinthians do Brasil e o Nacional do Uruguai.

Independiente Santa Fe passou a ser a quarta equipe colombiana em classificar para uma final da Libertadores Feminina.

Em 2013, Medellín Formas Íntimas perdeu do São José do Brasil, equipe mais vencedora na história do certame, enquanto em 2020 o América de Cali perdeu do Ferroviária.

Por outro lado, em 2018 o Atlético Huila ganhou do Santos do Brasil e passou a ser o primeiro time do seu país a erguer o troféu.

 

 

 

 

Com informação da EFE

Ultimas Noticias