Cree en grande.
CONMEBOL

Argentina ergue a taça de campeã da América!

Argentina ergue a taça de campeã da América

A Argentina de Lionel Messi conquistou seu primeiro título após 28 anos contra o Brasil, por 1-0, na final da CONMEBOL Copa América. 

A noite de Messi foi tão redonda que a Albiceleste se coroou no Maracanã, o melhor lugar possível para o arquirrival do anfitrião.

Angel Di María, autor do golaço no minuto 22, junto a um guerreiro incansável como Rodrigo De Paul, foram os heróis da noite carioca, que deixou a Argentina na liderança do palmarés histórico com 15 títulos da CONMEBOL Copa América junto com Uruguai, enquanto Brasil soma 9 coroações.

"Sonhamos tanto com este dia. Hoje quebrou (a má racha) e entrou. Tínhamos que ganhá-la (a Copa) aqui e assim foi", disse Di María, um dos históricos da Albiceleste.

Quando o árbitro uruguaio Esteban Ostojich apitou o final do jogo e Messi se deixou cair de joelhos no Maracanã, milhares de pessoas saíram nas ruas do centro de Buenos Aires e de Rosário, cidade natal da 'Pulga', Di María e Giovanni Lo Celso.

-Números do jogo-

  • Argentina ganhou seu primeiro título em terras brasileiras. Além disso, voltou a ganhar um título depois de 28 anos de seca. Brasil, por sua parte, perdeu sua primeira final depois de cinco vitórias consecutivas.
  • Tite perdeu seu primeiro jogo como local como treinador do Brasil após 25 encontros (21V 3E 1D).
  • É a primeira CONMEBOL Copa América disputada no Brasil que o local não ganha o título (havia ganhado as cinco anteriores).
  • Argentina venceu o Brasil pela CONMEBOL Copa América em terra brasileira pela primeira vez em sua história: não tinha ganhado nos sete encontros anteriores (1E 6D).
  • Argentina cortou uma racha de seis finais consecutivas perdidas em torneios principais (Copa América 2004, 2007, 2015, 2016; Copa das Confederações 2005 e Mundial 2014).
  • Argentina iguala o Uruguai como máximo ganhador da CONMEBOL Copa América: somou seu título número 15, esticando para seis a vantagem com o Brasil.
  • É a quarta vez em 13 partidas que a Argentina consegue vencer no Maracanã visitando o Brasil (4V 2E 7D). O triunfo anterior tinha sido em um amistoso disputado em 1998.
  • A vitória da Argentina terminou com um invicto de 26 partidas do Brasil jogando CONMEBOL Copa América em casa (17V 9E). É a terceira derrota do Brasil em casa na competição: contra Paraguai (1-2, em 1949) e Peru (1-3, em 1975).
  • Lionel Scaloni alcançou 20 jogos invicto como treinador da Argentina (12V 8E). É a segunda marca mais longa sem quedas de um DT da seleção argentina.
  • Messi fecha sua participação na CONMEBOL Copa América como máximo assistente (5 assistências) e máximo artilheiro (junto com Luis Díaz da Colômbia) com quatro gols. Ademais, soma 13 gols na história do torneio e está a quatro de Zizinho e Norberto Méndez, os máximos goleadores históricos da competição.
  • Lionel Messi ganhou seu primeiro título com a Argentina depois de quatro finais consecutivas perdidas (2007, 2014, 2015, 2016).

 

 

 

 

AFP/OPTA