Cree en grande.
CONMEBOL

Arturo Vidal conduz Chile na vitória sobre Peru

Arturo Vidal conduz Chile na vitória sobre Peru

Com um brilhante Arturo Vidal, autor dos dois gols, Chile derrotou o Peru por 2-0 nesta sexta-feira em Santiago pela terceira jornada das Eliminatórias Sul-Americanas para o Mundial do Qatar-2022.

Um golaço desde fora da área aos 20 minutos e um segundo gol aos 35' catapultaram Vidal como o craque do triunfo chileno no jogo disputado no estádio Nacional.

Vidal colocou a coroa na cabeça e sua equipe no ombro para encaminhá-la a um triunfo vital, o primeiro logo de três jornadas do pré-mundial, contra um Peru que não encontrou o bom jogo e a velocidade que exibe habitualmente, apesar da estreia do seu novo atacante Gianluca Lapadula.

Com este resultado Chile soma 4 unidades e está junto com a Colômbia no sexto lugar, enquanto Peru fica com um ponto no nono. Na quarta jornada, a 'Roja' visitará a Venezuela na terça-feira, enquanto o Peru receberá a Argentina do Messi.

-Números do jogo-

  • Chile ganhou seis dos seus últimos sete duelos contra Peru pelas Eliminatórias (1D); foi seu 20º duelo nesta competição (12V para 'La Roja', 6V para a 'Blanquirroja', 2 empates).
  • Peru chegou a 70 jogos com Ricardo Gareca como treinador, e atravessa sua pior racha sem triunfos desde que ele está no comando (2E 4D) – Peru não esteve tantos jogos sem ganhar com um mesmo DT desde as últimas seis partidas de Sergio Markarián em 2013 (também 2E 4D).
  • Arturo Vidal conseguiu seu sétimo gol duplo com a seleção do Chile (3º pelas Eliminatórias); Peru é a primeira seleção contra a que marcou mais de um gol duplo (o anterior foi em 2016, pelas Eliminatórias).
  • Claudio Bravo chegou a 50 jogos em Eliminatórias, sendo o primeiro jogador do Chile em alcançar esta cifra; no total, disputou 124 duelos com La Roja, o terceiro máximo histórico – 1º Alexis Sánchez, com 135 (contando o de hoje) e 2º Gary Medel, com 126.
  • Arturo Vidal conseguiu seu quarto gol desde fora da área jogando com a Seleção do Chile, e o segundo em Eliminatórias, ambos contra o Peru (o outro foi em 2016).