Cree en grande.
CONMEBOL

Jogos valendo tudo ou nada pela Fase de Grupos

Jogos valendo tudo ou nada pela Fase de Grupos

Cinco duelos serão disputados nesta quarta-feira na continuação da Primeira Fase da CONMEBOL Sudamericana 2021, onde será a estreia de dois times uruguaios. 

Desta etapa classificarão no total 16 equipes para a Fase de Grupos, que terá seu sorteio na sexta-feira, 9 de abril.

-Mineros e Aragua definem o boleto-

Estádio: Estadio Olímpico de la Universidad Central

Hora: 18:15 horário local

Árbitro: Andrés Pernía (Ven)

-Antecedentes-

  • Mineros de Guayana tem uma racha de três vitórias consecutivas contra times venezuelanos na CONMEBOL Sudamericana: dois triunfos sobre Carabobo FC em 2006, e a vitória no jogo de ida sobre Aragua. Em seus dois duelos contra compatriotas no certame avançou em um (Carabobo FC, 2006) e foi eliminado no outro (Trujillanos, 2005).
  • Aragua precisa conseguir a primeira vitória como visitante de sua história em competições CONMEBOL se pretender passar de rodada. Seus dois encontros fora de casa foram na CONMEBOL Sudamericana: em 2008 empatou no México com o Chivas, e em 2020 perdeu do Coquimbo Unido no Chile.
  • Os jogadores do Mineros de Guayana são os que mais entradas fizeram no começo da CONMEBOL Sudamericana (26). Porém somente ganharam 14 delas (54%).
  • Aragua FC, no encontro de ida contra Mineros, foi o time que perdeu mais chances grandes (3) na primeira jornada da CONMEBOL Sudamericana. Junto com Nacional (P), foram as equipes com mais chutes a gol (2).
  • Na história da CONMEBOL Sudamericana participaram 21 representantes venezuelanos. O único que conseguiu alcançar as quartas de final foi Zulia na edição 2019, onde foi eliminado pelo Colón de Santa Fe.

 

-Guabirá com pé direito na revanche contra Potosí-

Com uma goleada a favor no jogo de ida, Guabirá procurará nesta quarta-feira sua classificação para a Fase de Grupos da CONMEBOL Sudamericana na partida de revanche que será disputada no estádio do Nacional Potosí, em um duelo entre times bolivianos.

Estádio: Víctor Agustín Ugarte (Potosí)

Hora: 18:15 horário local (22:15 GMT)

Árbitro: Gery Vargas (Bol)

-Antecedentes-

  • Guabirá nunca somou pontos como visitante em competições CONMEBOL (8D). Dois desses encontros foram contra times do mesmo país: Bolívar, na CONMEBOL Libertadores 1976, e San José, na edição de 1996. Em ambos os encontros marcou um gol.
  • Nacional de Potosí está com uma racha de duas derrotas consecutivas como local na CONMEBOL Sudamericana, com a particularidade que não marcou gols em nenhum dos dois jogos (0-1 x Zulia na edição 2019, e 0-2 x Melgar em 2020).
  • Guabirá foi o time com mais gols (4) no começo da CONMEBOL Sudamericana 2021. Também foi uma das equipes com mais chutes a gol (9, junto com Aucas e Macará) e a que mais passes na área rival conseguiu (32).
  • Nacional de Potosí conseguiu passar uma vez da primeira fase da CONMEBOL Sudamericana: foi na edição 2017 quando eliminou o Sport Huancayo do Peru. Em suas outras quatro apresentações perdeu no começo da competição. Guabirá, por outro lado, nunca conseguiu avançar de rodada em nenhuma competição organizada pela CONMEBOL.
  • Fran Supabayé, lateral direito do Guabirá, foi o jogador com mais centros exitosos na primeira jornada da CONMEBOL Sudamericana (5).

 

-Torque faz estreia internacional contra o Fénix-

Montevideo City Torque, cujo proprietário é o grupo City, terá nesta quarta-feira sua estreia internacional ao confrontar o Fénix dirigido por Juan Ramón Carrasco no jogo de ida da primeira fase.

O jogo de volta será na quarta-feira, 14, no Parque Viera de Montevidéu.

Estádio: Centenario

Hora: 19:15 horário local (22:15 GMT)

Árbitro: Daniel Fedorczuk (Uru)

-Antecedentes-

  • Nos confrontos entre times uruguaios na CONMEBOL Sudamericana, o time que jogou em casa na ida nunca terminou vitorioso no primeiro jogo (2E 4D).
  • Na última edição da CONMEBOL Sudamericana, os quatro times uruguaios ganharam as partidas que disputaram em casa na primeira fase.
  • Torque estreará em competições CONMEBOL. É a 19° instituição em representar o Uruguai na CONMEBOL Sudamericana.
  • Fénix disputará a CONMEBOL Sudamericana pela quarta vez em sua história; sua melhor atuação foi na edição passada quando perdeu do Independiente nas Oitavas de Final.
  • Fénix nunca ganhou um encontro como visitante em suas participações anteriores em competições CONMEBOL (3E 8D). Na CONMEBOL Sudamericana o recorde é de cinco jogos com dois empates e três derrotas fora de casa, e nesses cinco jogos marcou gols.

 

-Huancayo busca eliminar UTC em duelo de peruanos-

Sport Huancayo buscará eliminar, nesta quarta-feira, o Universidad Técnica de Cajamarca (UTC) para avançar à Fase de Grupos no duelo de peruanos em Lima.

Após seu triunfo 1-0 no dia 17 de março no jogo de ida, Huancayo só precisará de um empate para avançar para a fase grupos do torneio internacional.

Estádio: Estadio Nacional de Lima.

Hora: 19:30 horário local (00:30 GMT da quinta-feira)

Árbitro: Diego Haro (Per)

-Antecedentes-

  • UTC Cajamarca não vence o Sport Huancayo há cinco jogos entre a Primeira Divisão do Peru e a CONMEBOL Sudamericana (2E 3D). O UTC na casa do Huancayo não festeja desde 2013, quando venceu por 2-0 no certame peruano. A partir desse jogo, acumula nove sem vitórias (5E 4D).
  • Sport Huancayo está cinco jogos sem vitórias em casa em competições CONMEBOL (3E 2D). É sua racha mais longa em torneios continentais. Sua última vitória foi na CONMEBOL Sudamericana 2018, sobre Unión Española de Chile, por 3-0.
  • UTC Cajamarca não ganha em torneios CONMEBOL faz quatro jogos (1E 3D). Se não vencer o Sport Huancayo igualará sua pior racha em competições continentais (1E 4D), que data da Copa Libertadores 1986. O 'Gavilán' disputou três encontros contra peruanos em competições CONMEBOL, e perdeu os três (contra o Universitario em duas ocasiões em 1986, e na ida desta série contra o Sport Huancayo).
  • Alfredo Rojas, do Sport Huancayo, foi o jogador que mais bolas recuperou na primeira jornada da CONMEBOL Sudamericana (18). Além disso, Marcos Lluya completou 6 dribles, só um menos que o recorde da jornada (Walter Mazzanti – Huchipato – 7).
  • Hugo Ángeles, do Sport Huancayo, teve a maior porcentagem de passes exitosos entre jogadores que deram mais de 20 passes na jornada (32 de 33, 97%). Junto com seu companheiro Oscar Barreto, além disso, tiveram 100% de eficácia em passes no campo rival (17 de 17 Ángeles, e 18 de 18 Barreto). Paulo Goyeneche do UTC Cajamarca, em troca, foi o que mais faltas cometeu na jornada (6).

 

-Palmaflor e Wilstermann no tudo ou nada-

Os bolivianos Palmaflor e Wilstermann jogarão na quarta-feira por tudo ou nada para obter um boleto à fase de grupos, no jogo de revanche que será disputado na cidade de Cochabamba (centro).

Na ida Wilstermann derrotou o Palmaflor 2-1.

Estádio: Félix Capriles

Hora: 20:30 horário local (00:30 GMT da quinta-feira)

Árbitro: Juan Nelio García (Bol)

-Antecedentes-

  • A vitória do Jorge Wilstermann sobre o Atlético Palmaflor no jogo de ida desta edição da CONMEBOL Sudamericana foi o primeiro êxito da equipe na competição. Antes disso, disputou oito encontros (5E 3D).
  • Das equipes que fizeram pelo menos um chute a gol na primeira jornada da CONMEBOL Sudamericana, Atlético Palmaflor foi o que teve pior eficácia: só um de cada seis chutes foi a gol (4 de 24).
  • Tanto Jorge Wilstermann como seu treinador Mauricio Soria nunca ganharam como visitantes na CONMEBOL Sudamericana. A equipe do Cochabamba disputou quatro jogos e nunca somou jogando por trás (2E 2D). Soria, por outro lado, disputou cinco com os outros três times que dirigiu na competição (Blooming, Oriente Petrolero e The Strongest) e tampouco triunfou (2E 3D).
  • Julio César Baldivieso, treinador do Atlético Palmaflor, dirigiu o Jorge Wilstermann na CONMEBOL Sudamericana 2014. Naquela edição perdeu nos dois jogos contra Peñarol na primeira rodada e não marcou gols (0-2 e 0-4).
  • Jorge Wilstermann tem uma racha de seis partidas sem derrotas contra times bolivianos em competições CONMEBOL (3V 3D). Não perde desde o dia 8 de fevereiro de 1995, quando foi derrotado pelo Bolívar 2-0 na CONMEBOL Libertadores desse ano. É a racha mais longa sobre equipes do seu mesmo país em competições CONMEBOL em sua história.

 

 

AFP/OPTA

CONMEBOL.com